Portuguese English German Italian Spanish
Assessoria de Comunicação

Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Domingos Martins
Tel.: (27) 3268-1166 / 9 9971-6498

Quinta, 15 Fevereiro 2018 13:32

Para garantir o acesso da população aos programas sociais federais (Minha Casa Minha Vida e Bolsa Família, entre outros), o Ministério do Desenvolvimento Social está convocando as pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) a se inscreverem no Cadastro Único para garantirem a continuidade do pagamento dos benefícios.

Em Domingos Martins, os idosos acima de 65 anos e as pessoas com deficiência que recebem o BPC devem procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras), localizado na antiga LBA, em Campinho para se cadastrarem. Caso o beneficiário tenha alguma dificuldade de deslocamento, a inscrição pode ser feita pelo responsável familiar, que deve levar o CPF de todas as pessoas que moram com o beneficiário e outros documentos pessoais, como o RG e comprovante de residência.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, até o início deste ano, cerca de 1,8 milhões de beneficiários – entre pessoas com deficiência e idosos acima de 65 anos - ainda não tinham sido cadastrados. Atualmente, mais de 4,5 milhões de brasileiros recebem o BPC em todo o país.

Saiba mais

O Cadastro Único reúne informações sociais e econômicas de cerca de 27,9 milhões de famílias. Estão cadastradas famílias com rendas per capita de até meio salário mínimo ou renda total familiar de até três salários mínimos. Nele, são registradas as características da residência, a identificação de cada pessoa, a escolaridade, a situação de trabalho e renda, entre outras informações.

Por meio de um sistema informatizado, o governo federal consolida os dados coletados no Cadastro Único para formular e implementar políticas específicas, que contribuem para a redução das vulnerabilidades sociais. Todas as informações do sistema podem ser utilizadas pelos governos municipais, estaduais e federal.

Outras informações
Coordenação Municipal do Cadastro Único:
(27) 3268-3451 e (27) 99626-9642

*Com informações do Ministério do Desenvolvimento Social

Quinta, 15 Fevereiro 2018 13:04

A Vigilância em Saúde de Domingos Martins realizou no final do mês passado mais uma ação de orientação e conscientização da população. Desta vez, o atendimento das equipes da Vigilância Ambiental foi realizado na comunidade de Cristo Rei, distrito de Aracê.

Na pauta, os cuidados para a prevenção da esquistossomose. “Identificamos um aumento no número de notificações da doença nesta região e logo providenciamos este encontro com a comunidade para orientações e esclarecimentos”, explica o gerente da Vigilância Ambiental, Roberto Dias.

Mais sobre a doença

A esquistossomose mansoni é uma doença parasitária, causada pelo trematódeo Schistosoma mansoni. No Brasil, é conhecida popularmente como “xistose”, “barriga d’água” e “doença dos caramujos”. Na fase adulta, o parasita vive nos vasos sanguíneos do intestino e fígado do hospedeiro definitivo. No ciclo da doença estão envolvidos dois hospedeiros, um definitivo e outro intermediário.

Hospedeiro definitivo: o homem é o principal hospedeiro definitivo e, nele, o parasita apresenta a forma adulta, reproduz-se sexuadamente. Os ovos são eliminados por meio das fezes no ambiente, ocasionando a contaminação das coleções hídricas naturais (córregos, riachos, lagoas) ou artificiais (valetas de irrigação, açudes e outros). Os primatas, marsupiais (gambá), ruminantes, roedores e lagomorfos (lebres e coelhos), são considerados hospedeiros permissivos ou reservatórios, porém, não está clara a participação desses animais na transmissão e epidemiologia da doença.

Hospedeiro intermediário: o ciclo biológico do S. mansoni depende da presença do hospedeiro intermediário no ambiente. Os caramujos gastrópodes aquáticos, pertencentes à família Planorbidae e gênero Biomphalaria, são os organismos que possibilitam a reprodução assexuada do helminto. No Brasil, as espécies Biomphalariaglabrata, Biomphalariastraminea e Biomphalariatenagophila estão envolvidas na disseminação da esquistossomose. Há registros da distribuição geográfica das principais espécies em 24 estados, localizados, principalmente, nas regiões Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Transmissão

O indivíduo infectado elimina os ovos do verme por meio das fezes humanas. Em contato com a água, os ovos eclodem e liberam larvas que infectam os caramujos, hospedeiros intermediários que vivem nas águas doces. Após quatro semanas, as larvas abandonam o caramujo na forma de cercarias e ficam livres nas águas naturais. O ser humano adquire a doença pelo contato com essas águas.

Sintomas

Na fase aguda, o paciente pode apresentar febre, dor na cabeça, calafrios, suores, fraqueza, falta de apetite, dor muscular, tosse e diarreia. Em alguns casos, o fígado e o baço podem inflamar e aumentar de tamanho. Na forma crônica, a diarreia se torna mais constante, alternando-se com prisão de ventre, e pode aparecer sangue nas fezes. Além disso, o paciente pode sentir tonturas, dor na cabeça, sensação de plenitude gástrica, prurido anal, palpitações, impotência, emagrecimento e endurecimento do fígado, com aumento do seu volume. Nos casos mais graves, da fase crônica, o estado geral do paciente piora bastante, com emagrecimento, fraqueza acentuada e aumento do volume do abdômen, conhecido popularmente como "barriga d’água".

Prevenção

A prevenção consiste em evitar o contato com águas onde existam os caramujos hospedeiros intermediários infectados. Ainda não há vacina contra a esquistossomose.

Tratamento

O tratamento para os casos simples é domiciliar. Os casos graves geralmente requerem internação hospitalar e tratamento cirúrgico.

*Com informações do Ministério da Saúde

Quarta, 07 Fevereiro 2018 13:11

Os produtores rurais de Domingos Martins podem contar a partir de agora com mais um ponto de atendimento com a implantação de mais uma unidade do Núcleo de Atendimento ao Contribuinte (NAC), desta vez na Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa).

Lá, os produtores rurais têm acesso a diversas informações e orientações, principalmente as relacionadas ao Bloco de Produtor Rural. “O objetivo é facilitar e aproximar a relação da prefeitura com o produtor rural. Muitos deles, na correria do dia a dia ou pela rota que fazem, não conseguem passar pelos NAC’s no município, então em parceria com a Ceasa implantamos este NAC no ponto de chegada desses agricultores para a comercialização de seus produtos”, explica o fiscal tributário Marcelo Pattuzzo.  

nac ceasa1
O servidor Edilson Carlos de Souza realiza os 
atendimentos aos produtores

Entre os serviços ofertados estão: destaque de nota fiscal, pedido de novos blocos de produtor e requerimentos, além de orientações gerais. Os Núcleos de Atendimento ao Contribuinte (NAC) foram implantados pela prefeitura para levar à população serviços de emissão e orientação fiscal. Os postos de atendimento estão localizados na Sede e também em Aracê, Tijuco Preto e Paraju, atendendo a quem mora no campo e na cidade. O distrito de Melgaço também já conta com alguns serviços do NAC, disponíveis junto ao posto dos Correios.

Entre os serviços oferecidos estão:

- Cadastro para obtenção do Bloco de Produtor Rural
- Encaminhamentos de pedidos de Bloco de Produtor Rural
- Entrega de Bloco de Produtor Rural (em algumas localidades do município o produtor recebe o seu bloco em casa)
- Formalização de Micro Empreendedores Individuais – MEI
- Declaração de Imposto sobre a Transmissão de Bens Móveis - ITBI

O NAC também realiza atendimento móvel de orientação, com visitas ao produtor rural na propriedade. O objetivo é orientar, levar informações e recolher vias de notas para enviar à Coletoria, localizada na Sede do município.

Endereços: 

NAC Campinho
Endereço: Ladeira Francisco dos Santos Silva, 50, Centro
Funcionamento: 2ª a 6ª, de 8h às 11h30, e de 13h às 17h
Telefone: (27) 3268-1251

SubNAC Ceasa
Endereço: Ceasa
Funcionamento: 2ª a 6ª, de 5h às 12h

SubNAC Aracê
Endereço: Rua Canal, 11, Vila de Pedra Azul (Anexo ao Posto de Atendimento de Pedra Azul)
Funcionamento: 2ª a 6ª, de 8h às 11h30, e de 13h às 17h
Telefone: (27) 3248-1232
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

SubNAC Paraju
Endereço: Rodovia Coriolano Guilherme Stein, s/n°, Vila de Paraju (Próximo ao posto da Polícia Militar)
Funcionamento: 2ª a 6ª, de 8h às 11h30, e de 13h às 17h
Telefone: (27) 99836-6530

SubNAC Tijuco Preto
Endereço: Rua principal de Tijuco Preto, ao lado do posto telefônico
Funcionamento: 2ª a 6ª, de 8h às 11h30, e de 13h às 17h
Telefone: (27) 3248-1353
 

SubNAC Melgaço – apenas alguns serviços disponíveis
Endereço: Rua principal de Melgaço, posto dos Correios, ao lado da Unidade de Saúde
Funcionamento: 2ª a 6ª, de 8h às 11h30, e de 13h às 17h
Telefone: (27) 3330-1012 

 

 

Terça, 06 Fevereiro 2018 15:38

Nesta semana, moradores da região serrana do Estado poderão doar sangue bem pertinho de casa. A unidade móvel de coleta de sangue do Hemocentro do Espírito Santo (Hemoes) vai estar na Praça Dr. Arthur Gerhardt, em Domingos Martins, nesta quarta (7) e quinta-feira (8). O atendimento será realizado das 8h30 às 13h, com distribuição de 100 senhas por dia.

O Hemoes está em busca principalmente de quem tem sangue com fator RH negativo. A diretora técnica do hemocentro estadual, Rachel Lacourt, explica que esses sangues são mais raros de se encontrar na população, mas, ao mesmo tempo, são mais fáceis de serem usados, pois podem ser transfundidos em pessoas tanto RH negativo quanto RH positivo.

No entanto, para além desta preocupação, o Hemoes está em busca de doadores. Segundo Rachel Lacourt, a quantidade de doações no Hemoes de Vitória caiu cerca de 50% entre a última semana de janeiro e os primeiros dias de fevereiro, voltando a atingir números que preocupam, principalmente com a proximidade de um feriado prolongado como o Carnaval.

“Pedimos a toda a população que reserve um tempo, durante esta semana, para ir a uma unidade do Hemoes mais próxima fazer a sua doação. No Carnaval, enquanto muitos vão aproveitar a folia, outros tantos estarão no hospital precisando de transfusão de sangue”, argumentou a diretora técnica do Hemoes.

A diretora ressalta que o Hemoes funciona como uma rede, por isso, o sangue doado pode ser compartilhado não só com os serviços de saúde da região onde foi coletado, mas pode ser enviado para qualquer serviço de saúde da rede pública estadual. Atualmente, o Hemoes fornece sangue e hemoderivados para 51 serviços de saúde.

Quem pode doar

Podem doar sangue as pessoas com idade entre 16 e 69 anos, sendo que a primeira doação deve ser feita obrigatoriamente até os 60 anos. Menores de 18 anos só podem doar com a autorização dos responsáveis legais. Todo doador deve apresentar um documento original com foto.

Se o voluntário tiver almoçado, o procedimento deve ser feito três horas depois. E se for um doador frequente, ele deve obedecer ao intervalo para doação, que deve ser de dois em dois meses para homens e de três em três meses para mulheres.

Outros locais de doação

Hemocentro do Estado do Espírito Santo (Hemoes)
Tel. 3636-7900/7920/7921- Avenida Marechal Campos, 1.468, Maruípe, Vitória. Funciona de segunda-feira a sábado, das 7h às 19h, com cadastro de doadores até 18h.

Unidade de Coleta da Serra
Tel. 3218-9429/ 3218-9242. Avenida Eudes Scherrer Souza, s/nº (anexo ao Hospital Estadual Dório Silva). Funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 16h.

Hemocentro de Linhares
Tel. (27) 3264-6000/ 3264-6019 - Avenida João Felipe Calmon, 1.305, Centro (ao lado do Hospital Rio Doce). Funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, com cadastro até 12h30.

Hemocentro Regional de Colatina
Tel. (27) 3717-2800 - Rua Cassiano Castelo, s/nº, Centro. Funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, com cadastro até 12h30.

Hemocentro Regional de São Mateus
Tel. (27) 3767-7954 - Rodovia Othovarino Duarte Santos, Km 02, Parque Washington. Funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, com cadastro até 12h.

*Com informações do Hemoes/Sesa

Terça, 06 Fevereiro 2018 13:46

Domingos Martins sediou no último sábado (3) o I Encontro de Gestores de Água Rural do Espírito Santo, uma iniciativa em parceria com a Cesan e a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES/ES). O encontro reuniu diversas lideranças locais, entre elas, o vice-prefeito Romeu Stein, e comunitárias de diversos municípios, no auditório do Centro Cultural Imperador, em Campinho.

A reunião teve como objetivos apresentar para os gestores de sistemas de água rural as ações para legalizar as associações existentes, orientações de como criar uma associação, apresentação da experiência de sucesso da comunidade de Nossa Senhora das Graças de Iúna e o tema “Integridade da Água”.

reuniao pro rural2

A comunidade organizada vai além da gestão do sistema de água, como apresentou Renaldo Gabriel, gestor do sistema de abastecimento de água de Nossa Senhora das Graças de Iúna: “A associação realiza investimentos para melhoria e ampliação do sistema existente além de outros projetos como reflorestamento e esgotamento sanitário para as residências”.

Gestão Comunitária e Saneamento Rural

A gestão comunitária é uma alternativa para prover os sistemas de abastecimentos de água e saneamento das localidades de pequeno porte, considerando que o fornecimento de água para consumo humano e a garantia da prestação de serviços de qualidade sustentável nas pequenas localidades, há muito tempo são grandes desafios para os gestores de serviços de abastecimento de água.

Assim, para que seja possível o desenvolvimento e o abastecimento dessas localidades, é incorporado ao sistema o modelo da organização comunitária. Atualmente a formação de associações e comitês se apresenta como uma forma viável de gestão de água em comunidades rurais. Em vários estados brasileiros, têm surgido sistemas para abastecimento de comunidades de pequeno porte ou rural, com participação comunitária para operação e manutenção.

As associações comunitárias e os comitês (ou comissões) de água que gerenciam o abastecimento de água em comunidades rurais são formados pelos próprios moradores, que enxergam nessas organizações a possibilidade de fornecer um bem necessário e de qualidade para toda a população.

O programa de saneamento rural, instituído na Cesan em 1991, tem por princípio a gestão do sistema implantado pela própria comunidade beneficiada. Após a implantação da obra é criado o Comitê Gestor para realizar autogestão do sistema de água.

Apesar de ambos serem responsáveis pelo gerenciamento da água, as associações e os comitês apresentam algumas diferenças em suas constituições, regulamentos e formalidade. As associações comunitárias são legalizadas e constituem um CNPJ enquanto os comitês da água não possuem personalidade jurídica, mas contam com regulamento para reger a organização e o abastecimento de água, de forma a estabelecer normas e diretrizes a serem seguidas.

*Com informações da Cesan

Segunda, 05 Fevereiro 2018 14:54

As repartições públicas municipais já têm o expediente de funcionamento definido durante o Carnaval. De acordo com o Decreto Normativo nº 3.169/2018, a prefeitura estará fechada nos dias 12 (segunda) e 14 (quarta-feira) de fevereiro. 

O documento considera a Lei Orgânica de Domingos Martins e a forte identidade das festividades carnavalescas com o povo brasileiro. Já na Quarta-Feira de Cinzas, vários templos celebram missas e cultos para marcar o primeiro dia da Quaresma.

Os serviços essenciais à população serão mantidos. Por isso, ficam excluídos do decreto os órgãos que desempenham suas funções em regime de escala ou que não admitem paralisação.

Programação do Carnaval

Para quem escolhe curtir o Carnaval no ritmo mais tranqüilo e familiar, a opção certa é Domingos Martins. A cidade realiza entre os dias 10 e 13 de fevereiro a folia das tradicionais marchinhas carnavalescas com “A Furiosa”, como é chamado o Grupo Cultural Martinense durante a festa do Momo.

Durante os quatro dias de festa, o cortejo musical pela Avenida Presidente Vargas será das 20 horas até a meia noite. Para a criançada a programação também está garantida com matinê com o músico Eden Schwambach no domingo (11) e na terça-feira (13).  

Programe-se! 
Carnaval 2018
Data: 10 a 13 de Fevereiro
20h à 00h: Grupo Cultural Martinense – Av. Presidente Vargas
Matinê 
Data: 11 e 13 de Fevereiro
18h às 20h: Eden Schwambach – Av. Presidente Vargas

Segunda, 05 Fevereiro 2018 14:17

A Prefeitura de Domingos Martins entregou oficialmente na manhã desta segunda–feira (5) à população novas máquinas para atendimento em diversos distritos. Quatro retroescavadeiras passam a integrar a frota do município, totalizando nove máquinas deste tipo para a prestação de serviços na Sede e no interior.

A solenidade de entrega foi realizada na garagem da Prefeitura Municipal e contou com a participação do prefeito Wanzete Krüger, do vice-prefeito, Romeu Stein, do secretário de Interior e Transporte, Ezio Fischer, além de vereadores e servidores municipais.

As máquinas atuarão na manutenção de estradas e na construção/manutenção de bueiros e pontes nos sete distritos do município: Sede, Santa Isabel, Biriricas, Melgaço, Aracê, Paraju e Ponto Alto.

Para o prefeito Wanzete, a aquisição das máquinas é resultado das ações de economia praticadas desde o início do ano passado. “Controlando as finanças, reduzindo custos, ajustando as despesas conseguimos investir e o resultado esta aí, mais uma conquista para o povo de Domingos Martins”.  

retros1 retros2 retros3

“Fundamental também é a dedicação dos servidores, cada um contribuindo para promover a economia na Prefeitura. Neste caso especial das retroescavadeiras é preciso agradecer especialmente também à Câmara, que devolveu recursos para o custeio de duas dessas máquinas”, completou Wanzete.

Duas das retroescavadeiras foram adquiridas com recursos próprios da Prefeitura e as outras duas foram custeadas com recursos repassados pela Câmara de Vereadores, totalizando mais de R$ 745 mil em investimento.

Segunda, 05 Fevereiro 2018 11:05

Os alunos atendidos na Escola Municipal Unidocente (EMUEF) Chapéu, distante cerca de 10 quilômetros da Sede de Domingos Martins, começam o ano letivo de 2018 nesta segunda (5) com a escola completamente reformada.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e Esporte, realizou obras em toda a estrutura com recursos próprios: novas paredes, pintura completa, troca de forros, pisos e janelas. A cozinha ganhou nova pia; novas louças (pias e sanitários) foram instaladas nos banheiros. Toda a rede elétrica também foi trocada.  

IMG 20180202 WA0026 IMG 20180202 WA0024

Atualmente a EMUEF Chapéu atende a 10 estudantes do primeiro ao quinto ano do Ensino Fundamental. Ao todo, Domingos Martins 49 escolas, sendo 16 de Ensino Fundamental (EMEF), uma de Ensino Fundamental e Médio (EMEFM), uma Escola Família Agrícola (EFA), 12 unidades unidocentes (EMUEF), 11 pluridocentes (EMPEF) e nove de Educação Infantil (CMEI).

Quinta, 01 Fevereiro 2018 11:21

A Vigilância em Saúde de Domingos Martins está intensificando os trabalhos de prevenção e combate ao Aedes aegypti. No mês passado, equipes da Vigilância Ambiental realizaram aplicação de UBV leve na região da Vila da Paz e da Vila Verde.

“Verificamos que em uma armadilha situada na Creche Municipal foram capturados mosquitos, além de algumas larvas deste mesmo mosquito em outras residências na mesma região. Diante desta situação seguimos o protocolo estadual para utilizar o UBV leve com o intuito de combater os mosquitos que possam estar circulando”, explica o coordenador da Vigilância Ambiental, Roberto Dias.

ubv vila dengue1 ubv vila dengue2

De acordo com a Secretaria de Saúde, a situação é de alerta, pois a quantidade de focos encontrados está aumentando, especialmente nas áreas urbanas das regiões do centro de Campinho, Pedra Azul, Vivendas de Pedra Azul, Ponto Alto e Santa Isabel. 

O aumento da temperatura e a ocorrência de chuvas são as condições ideais para reprodução do mosquito, que transmite além da Dengue, o Zika Vírus e a Chikungunya. Daí a importância de reforçar a limpeza de quintais e áreas ao ar livre. Objetos como garrafas e copos, devem ser eliminados ou acondicionados de forma a não acumular água.

Em 2016 Domingos Martins registrou recorde inédito de casos de dengue, com 200 notificações, sendo 112 confirmadas. Em 2015, foram 21 registros positivos da doença. Também em 2016 Domingos Martins registrou pela primeira vez um caso de Zika Vírus. Não houve registro de Chikungunya.

Neste ano, o município ainda não registrou nenhum caso de Dengue, mas a Vigilância reforça que é preciso ficar atente e realizar o trabalho de combate constantemente. “A maior parte desses focos são encontrados dentro das residências, precisamos da ajuda da população para combater o mosquito”, esclarece o secretário de Saúde, Adimar Alves de Souza.

Dicas de prevenção:

- Mantenha fechadas as tampas de vasos sanitários e de ralos pouco usados, como os de áreas de serviço e de lazer, que tenham a possibilidade de acumular água;
- Mantenha o quintal sempre limpo, jogando fora o que não é utilizado;
- Deixe o quintal sempre bem varrido, eliminando recipientes que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas, sacolas plásticas etc.;
- Tampe tonéis, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água;
- Certifique-se de que as lonas de cobertura estejam bem esticadas para não haver acúmulo de água;
- Mantenha a bandeja que fica atrás da geladeira limpa e sem água;
- Coloque garrafas vazias de cabeça para baixo;
- Se por algum motivo tiver pneus no quintal, mantenha-os secos e abrigue-os em local coberto, ou descarte-os corretamente se não tiverem utilidade;
- Escove bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, vasos de plantas, tonéis, caixas d’água) e mantenha-os sempre limpos.
- Caixas d’água devem ser mantidas fechadas com tampas íntegras sem rachaduras;
- Piscinas devem ser tratadas com cloro;
- Pneus devem ser furados e guardados em locais cobertos;
- Lonas, aquários, bacias, brinquedos devem ficar longe da chuva;
- Entulhos ou sobras de obras devem ser cobertos e descartados;
- Cuidados especiais com as plantas que acumula água, como bromélias e Espada de São Jorge: ponha água só na terra;
- Mantenha limpos quintais, áreas ao ar livre e calhas. 

Quinta, 01 Fevereiro 2018 10:27

O Serviço de Inspeção Municipal de Domingos Martins (SIM) promove nesta sexta-feira (2) o II Encontro de SIM’s: Construindo o caminho para o Consórcio Intermunicipal de Serviços de Inspeção. O encontro acontece no auditório da Escola Mariano Ferreira de Nazareth, em Campinho, das 8h30 às 16h.

Os objetivos são apresentar a base legal, custos e investimentos dos municípios para adesão ao consórcio e debater estratégias para equivalências entre SIM’s e implantação do consórcio. Além de Domingos Martins, são esperados participantes de Cachoeiro de Itepemirim, Cariacica, Guarapari, Pancas, Santa Maria de Jetibá, Serra, Vila Velha, Venda Nova do Imigrante e Conceição do Castelo.

Na programação estão palestras e debates, veja a programação:

II Encontro de SIM’s: Construindo o caminho para o Consórcio Intermunicipal de Serviços
Local:
Auditório da Escola Mariano Ferreira de Nazareth, em Campinho
8h30:
Recepção
9h: Palestra: “Vantagens do trabalho consorciado entre municípios”
10h: Palestra “Base Legal: Aspectos Jurídico do Consórcio: Protocolo de Intenções e Estatuto
11h: Palestra “Custo/Investimento do Consórcio” – Sidney Betzel Naak
12h: Intervalo para almoço
13h: Debates e dúvidas
14h: Estratégias para a equivalência entre SIM’s e implantação do Consórcio

Página 1 de 129

Prefeitura Municipal de Domingos Martins

brasaoRua Bernardino Monteiro, 22 - Centro- CEP 29260-000
Expediente: 8h às 11h30 - 13h às 17h  
Fone (27) 3268-1239 - 3268-1124
Veja no Mapa

Links Úteis

portariastn contas-publicas
nfe issbancario

Previsão do Tempo

Nublado

20°C

Nublado

Umidade: 92%

Vento: 17.70 km/h