Portuguese English German Italian Spanish

Monique Ferbek

A Prefeitura de Domingos Martins segue investindo na infraestrutura das comunidades do interior do município. Recentemente, algumas ruas de Ponto Alto, Tijuco Preto e Rapadura receberam obras de pavimentação, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população local.

Ponto Alto Ponto Alto 2

Rua em Ponto Alto nas proximidades do JS Móveis

Em Ponto Alto, as atividades mais recentes foram na subida para a futura sede da Igreja Católica Nossa Senhora da Glória e na rua em formato T, próximo ao JS Móveis. Esta última totaliza 450 metros quadrados e valor de R$ 68.115,47 executados.

Em Rapadura, a estrada em frente à quadra poliesportiva também recebeu melhorias, com a pavimentação do trecho. São mais de 1 mil metros quadrados e valor de obra estimado em R$ 80.462,00. Já em Tijuco Preto, duas ruas receberam PAVs em sua extensão.

Rapadura1 Troca de Telhas Escola de Perobas

Rua em Rapadura e troca de telhas em CMEI de Perobas

Além de ruas, na localidade de Perobas, o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) recebeu nova cobertura, com telhados em estilo colonial, totalizando investimento de R$ 84.668,71. 

Monique Ferbek

O ano está voando e quem diria já chegou a época dos festejos juninos e julinos. As escolas da Rede Municipal de Ensino estão preparando uma programação para lá de especial para poder confraternizar com pais, alunos, servidores e comunidade.

Para quem curte essas festas típicas neste período do ano, montamos um calendário especial para ser acompanhado (e frequentado) por quem busca animação, música e festas familiares. Vamos pretigiar!

Calendário das festas, por distrito:

Sede
3 de junho

Festa da Vila Caipira
Horário:
18h30
Local: CMEI Vila Verde
Atrações: Boca do palhaço, pescaria, roleta, danças e comidas típicas, sorteio de rifa, eleição de Rei e Rainha, comidas, deliciosas tortas e música ao vivo

10 de junho
Festa do CMEI Cézar Vello Puppin
Horário: 18h
Local: CMEI Cézar Vello Puppin
Atrações: Eleição de Rei de Rainha (quem colaborar participará do sorteio de uma jóia), deliciosas tortas, cachorro quente, pescaria, estoura-balão, boca do palhaço e danças típicas. 

10 de junho
Arraial da EMEF Soído
Horário: 18h
Local: EMEF Soído
Atrações: Danças típicas e animada quadrilha, comidas e bebidas típicas, torta e delicioso quentão, pescaria e sorteio de rifa

17 de junho
XVI Festa Caipira da EMEF Eugênio Pinto Sant'Anna
Horário: 18h
Local: Galpão Comunitário da Igreja de São Miguel
Atrações: danças juninas, bazar e pescaria, quadrilha, brechó, comunidades típicas e apresentação do "Musical Os Aventureiros"

Santa Isabel
Arraiá de Sanza
4 de junho
Horário: 18 horas
Local: Quadra de Esportes "Antonio Gonçalves Guarnier"
Atrações: Bazar, danças, roleta, comidas típicas, pescaria, sorteio de rifa


Aracê
V Arraiá Caminhos da Roça 
4 de junho
Horário: 13h
Local: EMEF Germano Lorosa, em Cristo Rei
Atrações: Danças e comidas típicas, pescaria, jogo de latas, roletas, brincadeiras e música

Arraiá da Escola Corgo São Paulo
25 de junho
Horário: 18h
Local: Ginásio de Esportes da Escola
Atrações: Tem comidas típicas, quadrilha, doces, brincadeiras, pastel, fogueira e muita e muita animação. Forró com Carlos e Fábio. 

Paraju
3 de junho
Festa Junina do Cmei de Perobas:
Local: Quadra de Esportes
Horário: A partir das 18h
Atrações: Danças, eleição de Rei e Rainha do Cmei, Pescaria, Bolo Surpresa, Comidas Típicas e Forró com o Musical "Os Tradicionais Pomeranos".

9 de julho
2º Arraiá da Alegria
Local:
EMEF Alto Paraju
Horário: a partir das 17h
Atrações: Danças e comidas típicas, pescaria, boca do palhaço, roleta, serviço completo de bar, eleição de rei e rainha caipira, quadrilha e fogueira, além de animadíssimo forró.

Ponto Alto

26 de junho
2º Arraiá do Retz
Local:
na Quadra da EMEF Fazenda Osvaldo Retz, Tijuco Preto
Horário: 10h
Atrações: Bazar, boca do palhaço, pula-pula, pescaria, danças, comidas típicas e rifa

Melgaço

17 de junho
Arraiá da EMEF Rio Ponte
Local:
EMEF Rio Ponte
Horário:
18h30
Atrações: Fogueira quentinha para aquecer sua noite, apresentações e roda de concertina 

25 de junho
Arraiá Pomerano da EMEF Gustavo Guilherme João Plaster
Local: Galpão da Associação de Moradores, ao lado da escola
Horário: 14 horas
Atrações: rifas, comidas típicas, pescaria, danças e animado forró com Os Pomeranos

23 de julho
Festa Julina da EMEF "Augusto Peter Berthold Pagung"
Local: Sitio do Marquim Lahass.
Horário: A partir das 15h
Atrações: Danças, comidas típicas, pescaria, boca do palhaço, árvore de  bombom, eleição da rainha da festa, quadrilha, leilão, sorteio de rifa e muita animação.

 

Monique Ferbek

Os 13 tropeiros que saíram de Ouro Preto, em Minas Gerais, com destino a Vitória, como ação de comemoração aos 200 anos da Rota Imperial foram recebidos na manhã desta sexta-feira (15), na localidade de Tijuco Preto, em Domingos Martins. Autoridades, comunidade local e alunos das escolas da região recepcionaram o grupo que fará mais uma parada na Vila do Pena, distrito de Melgaço, neste sábado (16).

Vale lembrar que Domingos Martins tem a maior extensão da Rota em seu território: dos 575 quilômetros totais, mais de 100 cortam o município. Depois de pararem pela Vila do Pena, ainda em Domingos Martins, os tropeiros seguem para Santa Leopoldina e tem previsão de chegarem a Vitória (marco zero da Rota é no Palácio Anchieta) no dia 20 de abril.

IMG 6207 IMG 6218

IMG 6306O professor José Eurípedes Leal contou aos presentes um pouco da história da construção da Rota. Ele também explicou algumas peculiaridades e curiosidades sobre as regras para construção do trecho. “A estrada foi construída pela Corte Portuguesa, com início em 1814 e finalização de 1816. Na época de sua abertura, a estrada deveria ter três metros de largura, para que duas mulas carregadas pudessem passar uma pela outra. Também deveria ser construída nas partes altas, para evitar contato com mosquitos nas proximidades de lagos e lagoas, e no período do Império foi muito próspera”, explicou.

No final do século XIX, a estrada de ferro Leopoldina e os acessos por terra a Minas Gerais geraram um natural esvaziamento da Estrada Real. “Entretanto, com toda a história carregada, que façamos desta estrada uma ferramenta que possa ser explorada turisticamente, fazendo com que os capixabas conheçam sua história e possam valorizá-la, pois quem conhece, ama, valoriza e preserva”, destacou o professor.

Junto ao presidente da Amunes, Dalton Perim, o prefeito de Domingos Martins, Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, saudou os presentes, falando da alegria em receber os tropeiros no município na ocasião. “Ficamos felizes com a descentralização das ações, dando oportunidades de desenvolvimento às cidades do interior, além do trabalho integrado entre os municípios. Com o fortalecimento da rota, aproveitamos o potencial turístico e cultural para desenvolver o lado econômico e social de nossas cidades”, frisaram os prefeitos.

IMG 6289 IMG 6323

O governador Paulo Hartung ressaltou que o modelo de trabalho das “Rotas” marcam o mundo desenvolvido. “Quando vamos a outro país, por exemplo, nos deparamos com um conjunto de rotas que contam a história do local que visitamos, a produção agropecuária das regiões, a vida das comunidades. É justamente disso que se trata o nosso trabalho com a Rota Imperial no Espírito Santo: a possibilidade de cada comunidade beber um pouco da história articulada a atividades que dialogam com a cultura, história, gastronomia e desenvolver o entorno. Temos monumentos naturais lindíssimos que, bem aproveitados podem gerar atividade econômica e divulgar nossos potenciais mundo afora”, disse Hartung.

IMG 6322 IMG 6365

Já a Deputada Luzia Toledo, madrinha Expedição Tropeira pela Rota Imperial, citou as oportunidades de negócio que o fortalecimento da Rota Imperial pode propiciar para os moradores. “Em Ibatiba, por exemplo, por onde passa a rota, uma pousada realizou investimentos, já oferece mais vagas, gerou desenvolvimento local. Este é somente um exemplo das oportunidades que a movimentação neste percurso pode gerar para os moradores ao longo de sua extensão” apontou Luzia.

A expedição tem objetivo de resgatar a história tropeira. Durante o percurso, os participantes passaram por diversas propriedades rurais, de agroturismo, onde puderam conferir as belezas de cada município da rota. Rios, matas, cachoeiras, entre outras belezas, com objetivo de reviver o percurso, histórias e costumes ao longo do trajeto.

IMG 6221 IMG 6258
IMG 6214 IMG 6262

Sobre a Rota Imperial*

A Rota Imperial, conhecida também como São Pedro de Alcântara, surgiu após a descoberta de ouro no interior do Brasil na primeira metade do século XVII. Desbravadores percorriam essas terras para conseguir chegar à região das minas gerais e, para proteger esses locais contra os invasores, a Coroa Portuguesa proibiu a construção de estradas na Capitania do Espírito Santo.

Após a chegada da Família Real no Brasil, em 1808, foi permitida a construção de uma estrada que ligasse Vitória a Ouro Preto, em 1814. A Rota Imperial foi concluída em 1816, consolidando a ocupação do território nos locais por onde passava.

Atualmente, a Rota Imperial proporciona, além do contato com a história, 575 km de belas paisagens entre vales e montanhas e a cultura marcante dos imigrantes que colonizaram as terras. São 31 municípios, sendo 17 em Minas Gerais e 14 no Espírito Santo. Os municípios capixabas são: Cariacica, Castelo, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Iúna, Ibatiba, Ibitirama, Irupi, Muniz Freire, Viana, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Venda Nova do Imigrante e Vitória.

*Informações da Setur

Monique Ferbek

Na próxima segunda-feira (15), mais de 5 mil alunos retomam as aulas na Rede Municipal de Ensino em Domingos Martins. São 49 escolas, entre Centros de Educação Infantil (CMEI), Escolas de Ensino Fundamental (EMEF), Unidocentes (EMUEF) e Pluridocentes (EMPEF).

Para atender a essa demanda, cerca de 800 servidores, entre professores, auxiliares de creche, de secretaria escolar, serventes, diretores, motoristas, entre outros, recebem os alunos para o novo ano letivo que terá pouco mais de 200 dias de aula.

103308 14 BDA partir deste ano, será implementado a Nova Proposta Pedagógica- documento curricular de Domingos Martins. “Com ela, buscamos uma nova visão da educação baseada no sujeito/cidadão. Serão utilizadas novas metodologias para um ensino com ainda mais qualidade. O documento foi construído coletivamente com professores, servidores da pasta e de outras secretarias, alunos e comunidade”, explicou a secretária de Educação e Esporte, Roseli Gonoring Hehr.

Pág 2 - Aconteceu - Acessibilidade

Além disso, as Escolas Municipais receberam reparos para o ano letivo. Na EMEF Osvaldo Retz, em Tijuco Preto e José Uliana, em Aracê, por exemplo, foram realizadas obras de adequação para a acessibilidade de deficientes físicos com a construção de rampas de acesso. Ainda em Aracê, a escola recebeu nova cobertura no portão de entrada da unidade. Em Santa Isabel, a prefeitura também construiu rampa de acesso, equipou e ativou os banheiros adaptados para os deficientes físicos.

Ainda neste mês, será instalada um novo Centro de Educação Infantil em Paraju. Duas salas já começarão a atender as crianças da comunidade no espaço do antigo Posto de Saúde que está sendo totalmente reformado e adaptado. Para este ano, está prevista a conclusão das obras da nova estrutura da EMEF Augusto Peter Berthold Pagung, em Melgaço, além de reforma da EMEF Soído. 

Escola Melgacinho 11 EMEF Soído 2

Escolas de Melgaço e Soído

Recomendação de saúde

repelenteEm virtude do estado de atenção em todo o Brasil com as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, recomenda-se aos pais e responsáveis, se possível, a aplicação de repelente em seus filhos antes de saírem de casa e a disponibilização de um frasco para que seja reaplicado durante o período em que estiverem na escola.   

Monique Ferbek

Construção de pontes, bueiros, caixas secas e manutenção de estradas estão entre os serviços constantes realizados pela Secretaria Municipal de Interior e Transporte de Domingos Martins (Secint). Seguindo o cronograma de atendimento às comunidades, diversos serviços foram executados.

Recentemente, estradas de Chapéu, Melgaço, Perobas, Rio Ponte foram patroladas, cascalhadas e/ou reabertas. Pontes na Fazenda Retz, Pena, Tijuco Preto, Rio Ponte, Perobas e Biriricas foram reformadas. Além disso, diversos bueiros e caixas foram construídos em diversas localidades para auxiliar no escoamento e contenção da água da chuva.

Confira alguns dos serviços:

Construcao bueiro Morro Scheneider Tijuco Preto Construcao de passador de boi em Rio Ponte
Construção de bueiro em Tijuco Preto Passador de boi em Rio Ponte
Patrolamento da estrada de Perobas a Rio ponte Estrada em Melgaço
Abertura e melhorias em estrada de Alto Rio Ponte Estrada em Melgaço
Reforma Ponte Tuta Libman rio ponte Reforma de ponte em Perobas
Localidade de Rio Ponte Reforma de ponte em Perobas

 

 

Monique Ferbek

O trabalho de manutenção das estradas de áreas rurais segue a todo vapor no interior do município. A Secretaria Municipal de Interior e Transporte (Secint) realizou recentemente ações como: reabertura de estradas, patrolamento e cascalhamento, construção de pontes e bueiros e outras intervenções em comunidades dos distritos da Sede, Melgaço, Paraju e Ponto Alto.

Houve a instalação de bueiros nas localidades de Ribeirão Capixaba, em Paraju e Soído, na Sede. Também foram reabertas estradas nas comunidades do Pena, em Melgaço; Areinha, em Ponto Alto e em Alto Paraju, distrito de Paraju. Esta última localidade também recebeu corte de taludes para construção posterior de calçamento. 

REABERTURA E ENCASCALHAMENTO DE ESTRADA DE AREINHAAGUIA BRANCA 9 Soído 1
Ponte em Pedra Branca REFORMA DE PONTE PAULO VALKER PENA

Pontes foram reestruturas nas localidades do Pena (Melgaço), Panelas e Pedra Branca (Sede) e houve reforma de bueiros na Fazenda Osvaldo Retz, em Tijuco Preto e Soído. Além disso, diversos trechos de estradas das comunidades dos distritos receberam melhorias como cascalhamento e patrolamento. 

Juliano Rangel
Monique Ferbek

Domingos Martins é conhecido por ser um dos maiores produtores de banana e cítricos do Espírito Santo. O volume e qualidade desses dois produtos têm destacado o município ao longo dos anos. Mas uma novidade que vem crescendo e tem se tornando fonte de renda para alguns agricultores familiares é a diversificação de culturas para incremento da renda. Com isso, produtores têm investido no cultivo de frutas, verduras e legumes variados.

Maçãs 5O plantio da maçã, prática que ainda não era muito popular na região, vem se estruturando e ganhando força em algumas áreas do interior do município. Uma das propriedades que já alcança números satisfatórios a cada ano está localizada em Tijuco Preto, distrito de Ponto Alto. Responsável pela plantação da fruta no local, Jamil Rodrigues Barbosa, conta que começou a trabalhar com o cultivo em 2011, após deixar a prática de plantio de café. “A maçã foi uma forma que eu encontrei de diversificar a produção na propriedade, além de ser uma alternativa de renda”, conta o produtor rural.  

Jamil fala que, no início, enfrentou algumas dificuldades, por ser um produto que ele pouco conhecia e nunca tinha trabalhado. A plantação também começou em pequena escala e no último ano atingiu a marca de 250 caixas comercializadas. Em 2015, ele planeja ter uma quantidade de 700 pés da fruta na propriedade.

Maçãs 8Na plantação são encontradas maçãs nas variedades Eva, Julieta e Princesa que são vendidas in natura. Ele conta que muitos turistas visitam a plantação em busca das frutas que tem qualidade reconhecida na região. “Quero investir mais e começar a produzir produtos a partir da fruta”, conta Jamil.  

Jamil fala sobre os cuidados que se deve ter com esse tipo de fruta para que o resultado seja um produto de qualidade. “Aqui na propriedade, não utilizo veneno. Faço apenas limpeza e coloco adubo de esterco”, explica o produtor, que além da maçã também cultiva frutas como pêssego e a amora.

Maçãs 2 Maçãs 6

Apoio à produção rural

Maçãs 11A Prefeitura Municipal de Domingos Martins apóia e orienta os produtores rurais que trabalham com cultivo de frutas e alimentos, com o suporte de técnicos agrícolas que visitam as propriedades. O componente da equipe de profissionais, Ater Luiz Hand revela que muitos produtores estão diversificando a produção nas propriedades rurais.

Ele conta que produtor rural aciona o técnico que realiza um planejamento de trabalho na propriedade. “Analisamos o solo, verificamos as mudas e se a fruta é propícia para a região. Também auxiliamos no manejo do controle e pragas e doenças que podem atingir a plantação”, ressalta Ater.    

Ater fala sobre o clima do município que é propício muito para o cultivo de frutas como uva, lixia, pêssego e amora. Ele relata que esse tipo de trabalho é um diferencial para o turismo do município. “A rentabilidade de produção é fantástica e a utilização dos frutos da para criação de produtos e algo que valoriza todo o trabalho”, lembra o técnico. 

Prefeitura Municipal de Domingos Martins

brasaoRua Bernardino Monteiro, 22 - Centro- CEP 29260-000
Expediente: 8h às 11h30 - 13h às 17h  
Fone (27) 3268-1239 - 3268-1124
Veja no Mapa

Links Úteis

portariastn contas-publicas
nfe issbancario

Previsão do Tempo

Nublado

21°C

Nublado

Umidade: 71%

Vento: 11.27 km/h