Portuguese English German Italian Spanish

Monique Ferbek

A manhã desta quinta-feira (14) foi de muitos debates e trocas de conhecimento entre os membros do Comitê Regional de Educação Ambiental. O encontro aconteceu no auditório da Escola Mariano Ferreira de Nazareth, em Campinho, onde os participantes puderam conhecer projetos de Educação Ambiental e Sustentabilidade de Domingos Martins, finalizar o Plano de Ação do Comitê e definir as ações prioritárias para 2016.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Sérgio Trarbach, destacou a forma de construção das ações do Comitê. “O trabalho regional fortalece as atividades e a participação de todos é fundamental. As experiências aqui compartilhadas são ações bem-sucedidas e que podem ser levadas a outras regiões e resultar positivamente onde forem implementadas”, afirmou.   

A Secretaria Municipal de Educação iniciou a apresentação mostrando de que forma a Educação Ambiental é trabalhada em sala de aula. “Domingos Martins é conhecido por suas belezas naturais e uma discussão como esta é importante para minimizar os impactos ambientais. Sabemos o quanto a educação pode contribuir no processo de conscientização e como ela é primordial nesse processo, com o desenvolvimento de ações com nossas crianças que representam os cenários futuros. Aqui no município temos trabalhado há alguns anos o tema sustentabilidade na Educação do Campo, é impossível desvincular uma da outra”, disse a secretária municipal de Educação Roseli Gonoring Hehr.

Encontro Regional de Educação Ambiental 10 Encontro Regional de Educação Ambiental 2

Sérgio Trarbach e Roseli Gonoring Hehr

A gerente pedagógica de Domingos Martins, Eucinéia Müller, explicou que o processo de inserção das questões ambientais no ensino é uma preocupação antiga. “Em 1999, o documento curricular da Rede foi pensado com o tema macro: o Meio Ambiente. Desde então, o nosso documento tem foco central nas preocupações com a natureza. Recentemente reformulamos este documento e inserimos as inquietações relacionadas ao Meio Ambiente nas atividades em sala de aula com nossos alunos”, relatou Eucinéia, que aproveitou para apresentar o trabalho “Plante árvore, colha água”, realizado na EMEF Alto Paraju.

”O debate sobre a biodiversidade nos remete a uma postura crítica em relação ao papel da educação de Domingos Martins em prol da manutenção da vida e das futuras gerações. Envolve discussões acerca de temáticas essenciais como a Educação no Campo, vida desenvolvimento sustentável, inclusão, diversidade, identidade, práticas pedagógicas e muitas outras”, completou Eucinéia.

Encontro Regional de Educação Ambiental 20 Encontro Regional de Educação Ambiental 32

Eucinéia Müller e Fátima Santanna (Instituto Kautsky)

O encontro seguiu com apresentações de outras ações desenvolvidas no município: Instituto Kautsky e Kebis mostraram os programas e projetos que realizam no intuito de preservar, orientar e educar. Também fez parte da programação, uma palestra com o tema ‘Água, soluções para o campo’, com Eduardo Rodrigues Carvalho, para demonstrar as diversas formas de reutilização da água através da abordagem de práticas de baixo custo. Além de Domingos Martins, o evento contou com participantes de Brejetuba, Venda Nova, Afonso Cláudio e outros municípios. 

Monique Ferbek

Os alunos da EMEF Germano Lorosa, localizada na comunidade Cristo Rei, em Aracê, agora contam com um espaço mais atrativo para as atividades físicas e de recreação. A Prefeitura acaba de entregar as obras de reparos da quadra da unidade de ensino. O local recebeu reparos na estrutura e pintura interna completa, custeada com recursos próprios da municipalidade.

Reforma Quadra Germano Lorosa 1 Reforma Quadra Germano Lorosa 2 Reforma Quadra Germano Lorosa 5

Para a secretária municipal de Educação e Esporte, Roseli Gonoring Hehr, a readequação do espaço auxilia de forma pujante o desenvolvimento de atividades dos alunos. “Buscamos valorizar o espaço, de forma atrativa e agradável para o aluno e comunidade. Agora, com a pintura das marcações, as aulas de Educação Física podem ser aplicadas de forma mais adequada às modalidades”, ressaltou. 

Monique Ferbek

Nos últimos três anos, o número de oferta de vagas em Centros de Educação Infantil (CMEI’s) na Rede Municipal de Ensino de Domingos Martins dobrou, saltando de 403 para 800 alunos com idades de zero a três anos atendidos nas escolas públicas do Município. Segundo dados da Secretaria de Educação e Esporte, a geração de novas vagas foi possível por conta dos investimentos em reformas e ampliações das unidades de ensino, remanejamento de turmas e abertura de novas salas.

Somente CMEI Jutta Batista, em Pedra Azul, com a construção de um novo prédio, foram abertas mais de 130 vagas. São mais duas salas de aula, sala para pedagogo, uma brinquedoteca, quatro banheiros infantis, dois banheiros adaptados, refeitório, cozinha e despensa, com um investimento total de R$ 540.967,39 e mais o mobiliário adquirido no valor de R$ 30.489,50.

AmpliaçãoJuttaBatista Inauguração Ampliação CMEI Elena Coco Fagundes 7

CMEI Jutta Batista, em Pedra Azul e CMEI Elena Côco Fagundes, em Santa Isabel

Em Santa Isabel, a escola Elena Côco Fagundes ganhou uma nova sala de aula (com capacidade para 12 alunos), uma secretaria escolar e duas áreas externas para banhos de sol e atividades recreativas, além da expansão do depósito da unidade. A ampliação permitiu também que alunos fossem remanejados para o nível mais adequado a sua idade.

Antes das obras, o CMEI Cézar Vello Puppin, em Campinho, atendia a 115 crianças. Com a ampliação, ampliou-se a capacidade para atendimento de mais 80 crianças em período parcial. A obra teve investimento total de R$ 332.858,65 e foi custeada com recursos dos royalties estadual. O espaço físico do CMEI compreende atualmente: 12 salas de aula, secretaria, refeitório, dois banheiros para funcionários, sete banheiros para crianças – sendo um adaptado, cozinha, depósito de material didático, depósito para merenda, lavanderia e pátio externo.

Ampliação CMEI Cezar Vello Puppin 7 Cantinho de Amor - após reforma 9

CMEI Cézar Vello, em Campinho e CMEI Cantinho de Amor, em Ponto Alto

Em Ponto Alto, a creche foi reformada e houve construção de duas novas salas para aumentar a capacidade de atendimento da unidade, possibilitando mais conforto às crianças que estudam no local. Os dois ambientes são bastante espaçosos e foram construídos em material PVC pré-moldado, possibilitando que os pequenos atendidos pela instituição tenham o bem-estar como aliado.

Em Paraju, a antiga Unidade de Saúde “Catharina Simmer Schwarz” foi totalmente reformada para dar lugar a uma unidade de ensino para o atendimento de crianças de 4 e 5 anos. Com isso, duas turmas de alunos que se deslocavam até a escola EMUEF Fazenda do Café, serão atendidas no local. 

Posto Pedra Azul Reforma Posto de Saúde de Paraju para virar CMEI 2

Antiga Unidade de Saúde de Paraju está sendo reformada para ser transformada em um Centro Municipal de Educação Infantil

O aumento de vagas também é atribuído ao remanejamento de alunos, como o que houve no CMEI Vila Verde em que os alunos de quatro anos foram transferidos para o CMEI Germano Gerhardt (que passou por reformas), abrindo mais vagas na primeira instituição para alunos com idade de 0 a 3 anos.  

Monique Ferbek

Na próxima segunda-feira (15), mais de 5 mil alunos retomam as aulas na Rede Municipal de Ensino em Domingos Martins. São 49 escolas, entre Centros de Educação Infantil (CMEI), Escolas de Ensino Fundamental (EMEF), Unidocentes (EMUEF) e Pluridocentes (EMPEF).

Para atender a essa demanda, cerca de 800 servidores, entre professores, auxiliares de creche, de secretaria escolar, serventes, diretores, motoristas, entre outros, recebem os alunos para o novo ano letivo que terá pouco mais de 200 dias de aula.

103308 14 BDA partir deste ano, será implementado a Nova Proposta Pedagógica- documento curricular de Domingos Martins. “Com ela, buscamos uma nova visão da educação baseada no sujeito/cidadão. Serão utilizadas novas metodologias para um ensino com ainda mais qualidade. O documento foi construído coletivamente com professores, servidores da pasta e de outras secretarias, alunos e comunidade”, explicou a secretária de Educação e Esporte, Roseli Gonoring Hehr.

Pág 2 - Aconteceu - Acessibilidade

Além disso, as Escolas Municipais receberam reparos para o ano letivo. Na EMEF Osvaldo Retz, em Tijuco Preto e José Uliana, em Aracê, por exemplo, foram realizadas obras de adequação para a acessibilidade de deficientes físicos com a construção de rampas de acesso. Ainda em Aracê, a escola recebeu nova cobertura no portão de entrada da unidade. Em Santa Isabel, a prefeitura também construiu rampa de acesso, equipou e ativou os banheiros adaptados para os deficientes físicos.

Ainda neste mês, será instalada um novo Centro de Educação Infantil em Paraju. Duas salas já começarão a atender as crianças da comunidade no espaço do antigo Posto de Saúde que está sendo totalmente reformado e adaptado. Para este ano, está prevista a conclusão das obras da nova estrutura da EMEF Augusto Peter Berthold Pagung, em Melgaço, além de reforma da EMEF Soído. 

Escola Melgacinho 11 EMEF Soído 2

Escolas de Melgaço e Soído

Recomendação de saúde

repelenteEm virtude do estado de atenção em todo o Brasil com as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, recomenda-se aos pais e responsáveis, se possível, a aplicação de repelente em seus filhos antes de saírem de casa e a disponibilização de um frasco para que seja reaplicado durante o período em que estiverem na escola.   

Monique Ferbek

O brilho nos olhos de quem esteve presente declarou o verdadeiro encanto com a nova estrutura da Escola Municipal Unidocente de Ensino Fundamental Vô Rezende, em Santa Therezinha, distrito de Aracê. Na tarde da última quinta-feira (17), os alunos e equipe de funcionários da escola receberam oficialmente a nova escola.

IMG 1824 IMG 1845 IMG 1851

O evento contou com a presença do prefeito Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, e do vice-prefeito Manoel de Oliveira Barcellos, acompanhados do vice-governador César Colnago e outras autoridades.

A obra foi executada com recursos dos Royalties Estadual, totalizando o valor de R$ 147.977,73. A estrutura da escola foi totalmente reformada, incluindo instalações elétricas, pintura, revestimentos, janelas e portas, além de realização de paisagismo e instalação de alambrado de proteção.  Temporariamente, no período das obras, as crianças estudaram em um espaço cedido pela Igreja Católica da localidade.

ANTES E DEPOIS

Ordem de Serviço EMUEF Vô Rezende 2 IMG 1805
 Ordem de Serviço EMUEF Vô Rezende 9  IMG 1813
 Ordem de Serviço EMUEF Vô Rezende 18  IMG 1809

Cerimônia  

Ao iniciar os pronunciamentos, a professora da escola, Lilian Ferreira do Nascimento, falou sobre a importância da nova estrutura. “Ver a escola assim era nosso grande sonho. Sinto-me lisonjeada por trabalhar em uma escola tão bonita”, disse a educadora. Logo após a sua fala, uma das alunas leu uma carta de agradecimento ao prefeito pela conclusão da obra.

IMG 1854 IMG 1863 IMG 1865

Momento da leitura da carta, o representante da comunidade, Sr. João / Roseli durante sua fala

“Essa escola tem mais de 30 anos na comunidade e garanto que ela transformou a história de muitos cidadãos de bem. A reforma é muito importante, de excelente qualidade. É isso que esperamos dos gestores que estão à frente da administração de nosso município”, disse o senhor João Bleidorn, representando a comunidade.

A secretária de Educação e Esporte, Roseli Gonoring Hehr, destacou os investimentos do município em oferecer uma educação no campo de qualidade. “A Prefeitura tem entregado obras de melhoria na infraestrutura, tem olhado para o campo, buscando oferecer às crianças da área rural as melhores condições para que elas tenham ensino qualificado”, disse.    

Outros investimentos em Santa Therezinha

Em seu pronunciamento, o prefeito municipal Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, destacou outros benefícios conquistados pelos moradores de Santa Therezinha. “Esta comunidade, assim como todas as outras, é merecedora de nossos esforços para retorno em melhorias. Somente aqui, trouxemos a iluminação pública com a instalação de cinco postes, um novo campo de futebol e agora essa escola. Estou muito emocionado em poder proporcionar alegria aos moradores”, frisou.

Campo Santa Terezinha 1 Campo Santa Terezinha 6

Por sua vez, o vice-governador César Colnago parabenizou pela construção da escola e falou de seu papel fundamental para a formação da sociedade. “A educação é o caminho que precisamos para o Brasil. Ver uma obra desta qualidade é motivo de orgulho, tem um significado muito grande, pois os investimentos hoje na criança se revertem em formação de cidadãos educação não é gasto e sim investimento no futuro”, ressaltou. 

IMG 1871 IMG 1877 IMG 1885

 Prefeito Carlinhos Borboleta / Vice-governador César Colnago / Descerramento da placa

CLIQUE AQUI E CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DO EVENTO

 

Monique Ferbek

O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Cezar Vello Puppin passou por obras de ampliação. Foram construídas mais quatro salas, quatro banheiros para as crianças e um para funcionários. A solenidade de inauguração do novo espaço aconteceu na tarde da última quinta-feira (1º), com a presença de pais, alunos e autoridades.

Durante a abertura, os pequenos apresentaram cinco canções com instrumentos, trabalho de incentivo à musicalidade, desenvolvido pela professora Jeny Klitzke. O Sapo, A Cobra, Borboletinha, Jacaré e Dona Aranha, foram os temas interpretadas pelos alunos.

Ampliação CMEI Cezar Vello Puppin 23 Ampliação CMEI Cezar Vello Puppin 45

A diretora da unidade de ensino, Marlene Bautz, iniciou os pronunciamentos destacando a relevância e importância da ampliação. “É muito gratificante receber esta nova estrutura. Estamos muito felizes em poder atender a mais crianças em um ambiente bonito e confortável, acabando com a demanda reprimida de vagas”, disse.

Ampliação CMEI Cezar Vello Puppin 64 Ampliação CMEI Cezar Vello Puppin 70

Em seguida, a secretária municipal de Educação e Esporte, Roseli Gonoring Hehr, destacou a participação das famílias no processo educacional. “Este é um bem para os professores, mas também para as famílias. A educação de nosso município é referência e isso se deve ao conjunto de ações, e destaco a participação dos responsáveis pelas crianças na escola. Estou muito emocionada neste momento, pois era professora quando essa instituição foi inaugurada. Agora posso acompanhar a entrega dessas melhorias tão importantes”, ressaltou.

Ampliação CMEI Cezar Vello Puppin 111O prefeito Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, frisou a preocupação com a qualidade das obras que estão sendo entregues no município. “Mesmo em um momento de dificuldades, nós precisamos zelar pela qualidade e capricho nas estruturas que entregamos. Esse espaço é de cada um de vocês e aproveito para parabenizar as funcionárias, que tenho certeza, continuarão fazendo um ótimo trabalho”, disse o prefeito.

Estrutura

Atualmente, o CMEI atende a 115 crianças em período integral, das 7 às 17 horas e conta com 35 funcionárias. Com a ampliação, serão atendidas mais 80 crianças em período parcial. A obra teve investimento total de R$ 332.858,65 e foi custeada com recursos dos royalties estadual. Vale lembrar que em 2014, o CMEI passou por uma reforma geral em suas instalações.

O espaço físico do CMEI compreende atualmente: 12 salas de aula, secretaria, refeitório, dois banheiros para funcionários, sete banheiros para crianças – sendo um adaptado, cozinha, depósito de material didático, depósito para merenda, lavanderia e pátio externo. 

Ampliação CMEI Cezar Vello Puppin 6 Ampliação CMEI Cezar Vello Puppin 7
Ampliação CMEI Cezar Vello Puppin 11 Ampliação CMEI Cezar Vello Puppin 12

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS FOTOS DO EVENTO

Monique Ferbek

Representantes de diversas associações, entidades, secretarias municipais e produtores rurais estiveram reunidos nesta quinta (1º), em Campinho, para levantar discussões de questões ambientais relevantes e de interesse local, elencando propostas para contribuir com o Programa Estadual de Educação Ambiental.

No momento de abertura o prefeito Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, citou o potencial natural de Domingos Martins. “Nós temos uma grande preocupação com o campo e consequentemente com as questões relacionadas ao Meio Ambiente. Possuímos uma grande cobertura de área verde para que possamos cuidar e preservar a nossa natureza”, iniciou o prefeito.

Fórum Municipal de Meio Ambiente 20 Fórum Municipal de Meio Ambiente 7

O secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Darci Schaefer, abordou a importância de o produtor participar deste momento. “Há alguns anos era praticamente impossível pensar que Domingos Martins sofreria com a falta d’água, por exemplo. Era difícil de alguém acreditar que isso aconteceria e hoje essa também é uma realidade aqui. A falta de água influencia diretamente na produção e este fórum tem muita importância, pois agricultura e meio ambiente têm total relação. Que bom que os produtores podem ter voz e todos trabalharemos juntos para contribuir para um futuro melhor para nós e para as próximas gerações”, disse.

Roseli Gonoring Hehr, secretária municipal de Educação e Esporte, ressaltou o papel fundamental da Educação no papel de fomentar as atividades de preservação. “A educação tem muito a contribuir não só na estratégia para as ações, mas também na implementação das atividades. Debates como este, com a participação de várias instituições, começam a construir, propostas que vão sair daqui não só em palavras, mas principalmente em ações que podem mudar o mundo”, disse.

Já Sérgio Trarbach, secretário de Meio Ambiente salientou o esforço conjunto para que as estratégias sejam replicadas e executadas. “Além de sugerirmos as ações, que também nos tornemos multiplicadores de consciência e formemos uma grande corrente de defesa e proteção ao meio ambiente. Tudo que fizermos localmente reflete regionalmente e muitas vezes também globalmente”, frisou o secretário.

Fórum Municipal de Meio Ambiente 23 Fórum Municipal de Meio Ambiente 32

Propostas para o Programa

A pedagoga Flávia Demuner, da Secretaria Estadual de Educação (Sedu) explicou como está sendo o processo de formação do Plano Estadual de Educação Ambiental. “A construção do Programa é composta pelas seguintes etapas: mobilização dos municípios, oficinas regionais, fóruns e encontros municipais, seminários regionais. A partir daí vamos para o encontro estadual, a consulta pública e elaboração do documento”, disse.

Flávia também falou sobre a importância da integração. “Precisamos formar agentes multiplicadores e o ambiente não pode ser visto como algo parcial, específico de uma área de atuação, mas sim algo total. A responsabilidade não é somente das secretarias de Educação ou Meio Ambiente, mas sim uma política participativa, articulada e integrada entre secretarias, entidades e população. Precisamos formatar um documento real, passível de execução. Entender e valorizar o campo como base de sustentação da vida”, destacou Flávia.

Fórum Municipal de Meio Ambiente 46 Fórum Municipal de Meio Ambiente 48

Durante o fórum, a equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) apresentou dados sobre problemáticas mundiais, nacionais e locais. “Alguns desafios que temos no município estão relacionados à poluição de corpos hídricos, barragens, uso desenfreado de água para irrigação, utilização de agrotóxico, terraplanagem e abertura de estradas, venda rural de lotes irregulares”, pontuou a engenheira ambiental Luíza Mayer Bringer.         

Ao fim do encontro foram formados grupos para levantar fragilidades, potencialidades e propostas de ação em Educação Ambiental. Foram reunidas sugestões relacionadas a formação de agentes multiplicadores (professores, educadores ambientais), redes sociais e educomunicação, participação popular, empresas públicas e privadas, Consumo e Produção, Campo, recursos naturais e áreas protegidas, políticas públicas, contexto da saúde, Gestão, controle ambiental (licenciamento) e recursos hídricos e bacias hidrográficas. Em breve, as sugestões serão publicadas.

Monique Ferbek

A tarde da última segunda (28) foi muito especial para a comunidade escolar do CMEI Elena Côgo Fagundes, em Santa Isabel, com a entrega oficial das obras de ampliação da unidade de ensino. Com a presença de autoridades, pais, alunos, professores e funcionários, o clima foi de festa e comemoração. Houve apresentação dos estudantes com o tema: “O menino do dedo verde”, trabalhando conceitos de sustentabilidade e preservação do Meio Ambiente.

A escola, que conta atualmente com 46 alunos, ganhou uma nova sala de aula (com capacidade para 12 alunos), uma secretaria escolar e duas áreas externas para banhos de sol e atividades recreativas, além da expansão do depósito da unidade. A ampliação permitiu também que alunos fossem remanejados para o nível mais adequado a sua idade.

Inauguração Ampliação CMEI Elena Coco Fagundes 1 Inauguração Ampliação CMEI Elena Coco Fagundes 7

Inauguração Ampliação CMEI Elena Coco Fagundes 36A diretora do CMEI, Nádia Uliana Rosa, falou a importância da conquista. “Com o coração transbordando de alegria, recebemos oficialmente esta obra e queremos expressar que é uma bela estrutura física, mas cumpre seu principal objetivo: ampliar a oferta da educação, com matrícula de mais crianças um espaço adequado para os que aqui trabalham e para nossos alunos, tornando-se não somente um bem físico, mas um bem social”, disse.

“Acreditamos que a qualidade na Educação Infantil é determinante para o processo das trajetórias escolares de nossas crianças. Agradecemos à Prefeitura por atender nosso pedido, pelo empenho para que essa ampliação se concretizasse, pela qualidade da obra e por trabalharem sempre em diálogo conosco”, ressaltou a diretora.

Inauguração Ampliação CMEI Elena Coco Fagundes 41A secretária municipal de Educação e Esporte, Roseli Gonoring Hehr, falou dos investimentos em todo o município. “Temos o desafio constante de ampliar a oferta na Educação Infantil, por isso, consideramos uma grande alegria esta conquista. Este é o segundo centro ampliado neste ano. O primeiro inauguramos em Aracê e ainda nesta semana entregaremos oficialmente as obras do CMEI Cézar Vello Puppin, em Campinho”, pontuou Roseli.

O prefeito Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, falou da alegria em poder entregar uma estrutura como esta. “Acredito no poder da educação e no poder de transformação que ela tem na sociedade. Nós estamos nos empenhando, mesmo em um momento de dificuldade financeira, para oferecer as melhores condições possíveis para que alunos e funcionários da Educação tenham qualidade no espaço e no contexto escolar. Prezamos pelas qualidades nas obras”, finalizou o prefeito. 

Inauguração Ampliação CMEI Elena Coco Fagundes 29 Inauguração Ampliação CMEI Elena Coco Fagundes 44

 

Juliano Rangel

A rede municipal de ensino de Domingos Martins comemora os resultados obtidos na 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Foram premiados 24 alunos, três professores e duas escolas, neste mês, em uma cerimônia no Palácio Anchieta, em Vitória.

A Olimpíada contou com a participação dos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e aos alunos do Ensino Médio das escolas públicas municipais, estaduais e federais, com provas aplicadas em 2014. Os estudantes concorreram a prêmios de acordo com a sua classificação nas provas. Além dos estudantes, os professores e as escolas também foram contempladas.

As provas foram dividas em três níveis, de acordo com as séries de ensino, e aplicadas em duas fases. A primeira consistia em uma prova objetiva, de múltipla escolha, a todos os alunos inscritos pelas escolas, e a segunda em uma prova discursiva para os selecionados pelas escolas.

A secretária municipal de Educação, Roseli Gonoring Hehr, fala da importância desses resultados para área da educação de Domingos Martins. “Estamos felizes com nossos alunos e muito satisfeitos com toda a equipe das escolas, em especial com os profissionais da disciplina de Matemática”, disse a Secretária. 

Ela ainda ressalta o trabalho desenvolvido na rede municipal de ensino. “Ganhar medalhas é muito bom, mas o mais importante é o trabalho em equipe entre alunos, professores e famílias para alcançar os bons resultados”, acrescenta a secretária.

AOlimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas(OBMEP) é aplicada anualmente e é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), tendo como objetivo estimular o estudo da matemática e revelar talentos na área.

Alunos Premiados

Certificado de Menção Honrosa:

Escolas Municipais:
Nível 1
: Caio Callegario Souza/ EMEF Santa Isabel
Maicon Bicker Alves/ EMEF Aracê
Pedro Henrique Schmidt Fazolo/ EMEF Aracê
Debora Queiroz Silva/ EMEF Santa Isabel
Lorrayne Merscher Hertel/ EMEF Santa Isabel
Cesar Portes Dordenoni/ EMEF José Uliana
Leonardo do Nascimento Tonini/ EMEF Santa Isabel
Adriano Gumz/ EMEF Gustavo Guilherme João Plaster
Eduardo Henrique/ EMEF Cristo Rei
Hudson Amorim De Sousa/ EMEF Córrego São Paulo
Jennifer Cristiane Gorl/ EMEF Augusto Peter Berthold Pagung
Marcos Vinicius Da Silva Paulo/ EMEF Antonio Francisco Erlacher
Rosangela Wellmer/ EMEF Gustavo Guilherme João Plaster

Nível 2: Gabriel Francisco Schneider/ EMEF Córrego São Bento
Gustavo Waiandt Deps/ EMEFM Mariano Ferreira de Nazareth
Guilherme Francisco Gums/ EMEF Gustavo Guilherme João Plaster
Lucas Poletto Uliana/ EMEF Aracê
Diana Maria Hell/ EMEF Gustavo Guilherme João Plaster
Everton Potin Thomes/ EMEF Eugênio Pinto Santana
Angelica Tenes/ EMEF Gustavo Guilherme João Plaster
Mateus Jubini/ EMEF Soído

Escolas Estaduais:
Nível 1: Roger Stein Neves/ EEEFM Gisela Salloker Fayet
Jean Carlos Gilles/ EEEFM Gisela Salloker Fayet
Maria Clara de Oliveira Martins/ EEEFM Teófilo Paulino
Claudio Renzellmann de Almeida/ EEEFM Gisela Salloker Fayet
João Luiz Goese/ EEEFM Ponto do Alto

Nível 2: Icaro Henrique Siller/ EEEFM Ponto do Alto
Lucas Henrique Kunzendorff/ EEEFM Ponto do Alto

Nível 3: Raquel Coimbra Gratieri/ EEEFM Pedreiras
Breno Ewald Bruske/ EEEFM Teófilo Paulino
Leandro Bungentab Wernersbach/ EEEFM Teófilo Paulino
Andre Rocha Martinelli/ EEEFM Teófilo Paulino
Daniel Henrique Stein Oliveira/ EEEFM Teofilo Paulino
Alvaro Romais Modolo/ EEEFM Teófilo Paulino
Anne Alice Rhein Santos/ EEEFM Teófilo Paulino
Bianca Siane Orlandin/ EEEFM Teófilo Paulino
Marlete Littig/ EEEFM Gisela Salloker Fayet
Daiane Pereira Bravim/ EEEFM Pedreiras
Lucas Eduardo Klitzke Da Silva/ EEEFM Teófilo Paulino
Allan Junior Fermao De Souza/ EEEFM Ponto do Alto
Maria Caroline Gava/ EEEFM Pedreiras
Matheus Trabach Lorenzoni/ EEEFM Pedreiras
Silvana Folker Hoffmann/ EEEFM Ponto do Alto
Luana Hollunder/ EEEFM Ponto do Alto
Ycaro Antonio Helmer/ EEEFM Teófilo Paulino
Leonardo Zene Neves/ EEEFM Gisela Salloker Fayet
All Jordan Schulz De Souza/ EEEFM Ponto do Alto

Medalha de Bronze:
Alunos da rede municipal
Nível 1
: Thiago Felippe Neitzke Lahass - EMEF Rio Ponte
Gabryel Colli Lopes Ataides - EMEFM Mariano Ferreira de Nazareth

Nível 2: Christyan Duarte Zaibel - EMEFM Mariano Ferreira de Nazareth

Alunos da rede estadual

Nível 1: Luana Tonoli Ribeti - EEEFM Gisela Salloker Fayet
Nível 3: Gabriel Erlacher - EEEFM Ponto do Alto
Crislaine Kuster - EEEFM Teófilo Paulino

Medalha de Prata:

Alunos da rede estadual

Nível 2: Isabela Bello Gilles – EEEFM Gisela Salloker Fayet
Nível 3: Emanoel Gava - EEEFM Pedreiras
Julio Cesar Wernersbach - EEEFM Teófilo Paulino

Professores Premiados:

 Prêmios: Diploma de homenagem e assinatura anual da Revista do Professor de Matemática (RPM-SBM) - ii-a)

Escolas Municipais:
Maristela Oliveira Da Silva - EMEF Santa Isabel
Rosimere Lins Plaster - EMEF Gustavo Guilherme João Plaster
Tatiane Silvia Santiago Uliana - EMEF Córrego São Paulo

Escolas Estaduais:
Maxwel Augusto Neves - EEEFM Gisela Salloker Fayet
Nelson Batista Da Silva - EEEFM Teófilo Paulino
Tatiane Silvia Santiago Uliana - EEEFM Pedreiras

Escolas Premiadas:

 

Prêmio: Kit constituído de material didático

Escolas Municipais:
EMEF Rio Ponte

Escolas Estaduais:
EEEFM Gisela Salloker Fayet
EEEFM Ponto Do Alto
EEEFM Teófilo Paulino

Prêmio: Troféu - escolas premiadas nos anos anteriores

Escola Municipal:
EMEF Gustavo Guilherme João Plaster

Prefeitura Municipal de Domingos Martins

brasaoRua Bernardino Monteiro, 22 - Centro- CEP 29260-000
Expediente: 8h às 11h30 - 13h às 17h  
Fone (27) 3268-1239 - 3268-1124
Veja no Mapa

Links Úteis

portariastn contas-publicas
nfe issbancario

Previsão do Tempo

Nublado

19°C

Nublado

Umidade: 90%

Vento: 17.70 km/h