Portuguese English German Italian Spanish

Sucesso! XXVI Festival de Inverno de Domingos Martins atrai 70 mil pessoas

O XXVI Festival Internacional de Inverno de Música Erudita e Popular de Domingos Martins já está deixando saudade nas montanhas capixabas. O evento que começou no último dia 12 e terminou domingo, 21 de julho, atraiu 70 mil pessoas, segundo cálculos da Polícia Militar, para a maratona com mais de 60 apresentações musicais e culturais pelas ruas de Campinho, sede do município. Além disso, as 20 oficinas e o workshop, parte pedagógica cativa na programação, reuniram 380 alunos em busca de aperfeiçoamento musical.

O clima típico da estação, o charme dos principais pontos da cidade e o som contagiante de violinos, saxofones e outros instrumentos continuam a ser um chamariz para o Festival de Inverno, além dos shows com artistas capixabas e nacionais no palco principal, na Rua de Lazer e no coreto da praça, que agradaram pessoas de todas as idades.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A GALERIA COMPLETA DE FOTOS

Os destaques desta edição ficaram por conta do Concerto “Clássicos do Rock” com a Orquestra Sinfônica do Espírito Santo e Saulo Simonassi, Toni Garrido (ex-Cidade Negra), o capixaba Silva, Tunai e Rodrigo Santos (ex-integrante do Barão Vermelho), no primeiro fim de semana; além de Gustavo Macacko e o integrante do Titãs Sérgio Britto, Jackson Lima, tributo a Raul Seixas com Sandrera e Sylvio Passos, e Jeremias Reis (campeão do The Voice Brasil Kids 2019), acompanhado da Banda da Polícia Militar do Espírito Santo, fechando a programação.

O Festival também contou com grandes apresentações de músicos e grupos locais como o Grupo Cultural Martinense, Pedro Paulo e Banda, Big Band e Coro Jovem da Escola de Música Helena Gerhardt Brickwedde, Banda Trivius, Quinteto de Metais de Domingos Martins, Grupo de Metais Acorde e Eden Acordeon. As danças típicas alemã e italiana também estiveram representadas com os grupos Pietra Azzurra, Bergfreunde de Campinho, Rheinland e Blumen der Erde.

Com atrações além da programação oficial, o Palco Livre da Rua de Lazer merece um capítulo à parte. Foram ao todo 31 shows entre cantores, bandas, instrumentistas, audição de alunos das oficinas e grupos de dança alemã de dia e de noite. A escolha das apresentações foi feita pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

Um final de semana antes do início do Festival de Inverno, a 2ª edição do Concurso Palco Livre contou com 14 concorrentes, sendo dois selecionados por meio de aplicativo para se apresentarem durante a programação oficial. As bandas Nagomah (categoria vocal) e Groovix (categoria instrumental) foram as mais votadas pelo público.

O XXVI Festival de Inverno de Domingos Martins é uma realização da Prefeitura de Domingos Martins, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, e do Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau. Teve o patrocínio do Banestes, da Cesan e do Sebrae e apoio da Secretaria de Estado da Cultura, da Secretaria de Estado do Turismo, da Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames), da Funcultura, a E&L Produções de Sofwares, a Elonline, das cervejarias Trarko e Barba Ruiva, do Condomínio Espelho D’Água, do Bristol Vista Azul, do Porão Pub, Land Vitória e Águia Branca.

Oficinas

As oficinas tiveram coordenação pedagógica do diretor geral da Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames), Fabiano Araújo, e fizeram jus ao nome do Festival, com a participação de dois professores estrangeiros: o dinamarquês Ronni Kot Wensell ministrou aulas de Percussão Sinfônica, enquanto Rui Carvalho, de Portugal, as de Prática de Big Band. “Há cidades que fazem festivais assim também, mas nunca vão chegar perto do que acontece aqui em Domingos Martins”, diz Wensell.

Para a secretária Municipal de Cultura e Turismo, Rejane Entringer, a missão à frente da organização do principal evento do gênero no Espírito Santo foi cumprida. “Um grande sucesso que nos enche de orgulho. Superou nossas expectativas em todos aspectos, pedagógico, estrutural, econômico, social e cultural. O Festival é fruto de um trabalho em conjunto, por meio de planejamento, diálogos com a comunidade e, principalmente, com muito trabalho de uma equipe técnica qualificada em cada setor para realização de grandes eventos. Estou ouvindo falar que este ano foi um divisor de águas. Marcará para sempre o Festival como antes e depois deste grupo de professores. Agradeço a todos pelo empenho, dedicação e carinho com nosso Festival. Espero, de coração, repetir esse sucesso em 2020”.

Confira as declarações dos professores desta edição do Festival!

“Quero agradecer a todos pela oportunidade de estar compartilhando conhecimento para os alunos e, ao mesmo tempo, aprendendo com todos. Para mim este Festival será inesquecível, pois já fui como aluno, e agora, estar na função de professor é realmente gratificante. O 26º Festival de Inverno de Domingos Martins trará boas lembranças, com novas amizades, com excelentes professores, por todo o carinho e dedicação. Estar neste clima musical é realmente incrível e prazeroso. Que tenha sido o primeiro de muitos encontros que teremos neste lugar! Vida longa ao Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins! Muito obrigado!”. (Estevão Ewald, professor de acordeon)

 

“Domingos Martins e uma joia muito fina. Realmente estou encantado com a cidade, a cultura (onde mais você teria vários contrabaixos decorando a cidade?) e o povo muito bacana. Muito obrigado pelo convite e por terem organizado um Festival tão bonito, tão variado, tão inclusivo e tão musical. Incrível poder ir andando a pé de palco em palco, vendo músicos e ouvindo música por todos os lados... Que ele se repita por muitos e muitos anos. Ver os músicos encantados e se entregando com tanta paixão nas aulas e nos palcos é realmente motivante”. (Fausto Borém, professor de música de câmara)

 

“Um festival como este é uma renovação, um combustível para os alunos, uma alegria para o público em geral. O aprendizado é intenso e de todas as formas. Eu diria que se assemelha a uma fonte de juventude e inspiração pela quantidade de energia que gera.  É super importante, deixa um legado para todos, pois a música consegue tocar o intocável em nós todos, a nossa alma, os nossos sentimentos, e é justamente isso que precisamos. Parabéns à cidade, prefeitura, organizadores e coordenação! Que tenha vida longa!!!!”. (Miline Aliverti, professora de violoncelo)

“Este período é sagrado na minha agenda. Sempre participei como aluno ou como plateia e desde a edição passada como professor. Fico super feliz em poder contribuir. Tenho um carinho enorme pelo Festival e por essa cidade tão acolhedora”. (Eduardo Ramos, professor de viola caipira)

“Festival maravilhoso, cidade acolhedora, organização e coordenação impecáveis, alunos super interessados e talentososl Não faltou nada. Parabéns a todos os envolvidos que tornaram esses dias inesquecíveis! Que venham muitos outros!”. (Pedro Della Rolle, professor de violino)

“A semana foi uma semana incrível, de muito aprendizado e de muita alegria. Sou muito grato pelo convite e indicação dos maestros Sanny e Hélder e gostaria também de agradecer imensamente a toda a equipe liderada pelo Fabiano, que nos recebeu tão bem! E a todos os mestres pelas trocas e conversas tão enriquecedoras. Até a próxima!”. (Marcos Rangel, professor de prática de orquestra)

“Foi um prazer participar do Festival. Fomos muito bem tratados por toda a equipe. Retorno com muito boas lembranças dos alunos, dos já conhecidos e outros novos amigos, além da música que fizemos. Até uma próxima!”. (Marcelo Coelho, professor de saxofone)

“A troca com os alunos foi bastante intensa, aprendi muito e foi um presente saber que meu cantar também fez sentido a vários de vocês. Feliz em conhecer pessoalmente os outros professores que ainda não conhecia e também os alunos. Agradeço também a generosidade dos meus parceiros musicais em fazermos música juntos nas apresentações e nas canjas. Uma alegria cantar junto com vocês!”. (Vanessa Moreno, professora de canto popular)

“Foram dias incríveis de convívio e muita música ao lado de amigos, novos grandes amigos, alunos, produção... Fico muito feliz e honrado de ter feito parte deste Festival e ter podido contribuir de alguma forma. Vida longa pro Festival e obrigado aos organizadores pela atenção, carinho e pelo grande trabalho que vocês desenvolvem juntamente com a equipe maravilhosa do Festival!”. (Daniel Santiago, professor de guitarra)

“Muito já foi dito e compartilhado por aqui a respeito do quão incrível foi este Festival. Gostaria então de colaborar ressaltando um aspecto que me chamou a atenção desde o início. Em todas as relações entre professores, alunos, coordenação, equipe de colaboradores, pessoal da cozinha, montagem, enfim, em todas sem exceção, o aspecto humano sempre foi valorizado. Especialmente para conosco, professores visitantes, o respeito, a atenção, a tranquilidade em lidar com as demandas, imprevistos e a disposição em nos atender individualmente foram plenos. Assim, compartilho a ideia de que a duração das coisas é irrelevante, a profundidade é tudo o que importa. O 26º Festival de Música de Domingos Martins pra mim é isso, uma experiência humana profunda e inesquecível”. (Guilherme Ribeiro, professor de harmonia e improvisação)

“Quero parabenizar à toda organização do festival pela realização e agradecer pelo convite. Para mim foi inclusive simbólico realizar a oficina de Piano Popular, pois fui aluno do Festival muitos anos atrás. Contribuir com a formação musical dos alunos - que eram desde iniciantes a músicos profissionais - e receber deles gestos de gratidão em troca foi maravilhoso! Conviver com eles e tantos grandes músicos que participaram desta edição do Festival me fizeram aprender muito. Espero que tenha sido a primeira de muitas participações nossas e espero também reencontrar em breve cada um de vocês!” (Hércules Gomes, professor de piano popular)

“Um evento que reúne jovens estudantes de música, músicos profissionais e professores. Tudo é feito de maneira organizada, prática e também muito leve, de maneira que se pode ver e sentir a felicidade de todos os envolvidos. Parabéns à organização e obrigado! Vida longa ao Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins. Prazer Enorme!”. (Glécio Nascimento, professor de contrabaixo)

“Foram cinco dias em que tive o privilégio de poder passar um pouco da minha experiência para alunos extremamente talentosos, com sede de informações e de trocar ideias. Foi um prazer imenso também fazer amizades com os professores nas ‘jams sessions’ e concertos. Parabéns a todos os professores e a toda organização do Festival, fazendo um evento impecável e nos acolhendo calorosamente nesta linda cidade que é Domingos Martins!” (Igor Willcox, professor de bateria)

“Estou cheio de gratidão e felicidade depois do Festival. Tudo feito com amor e alto profissionalismo! Um Festival assim é importantíssimo. É cultura que junta e consolida a comunidade! Tem um "vibe", uma energia legal, tocar junto, se divertir, fazer amizades (que depois viram contatos profissionais). E foi assim pros alunos também. Foi um grande prazer participar!” (Ronni Kot Wensell, professor de percussão sinfônica)

 

Avalie este item
(0 votos)
  • Última modificação em Quarta, 31 Julho 2019 14:45
  • tamanho da fonte
Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Domingos Martins
Tel.: (27) 3268-1166 / 9 9971-6498

E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Prefeitura Municipal de Domingos Martins

brasaoRua Bernardino Monteiro, 22 - Centro- CEP 29260-000
Expediente: 8h às 11h30 - 13h às 17h  
Fone (27) 3268-1239 - 3268-1124
Veja no Mapa

Links Úteis

portariastn contas-publicas
nfe issbancario