Portuguese English German Italian Spanish

Fique atento à Dengue, Chikungunya e Zika

  • Quarta, 20 Maio 2020 09:46
  • Publicado em Saúde
  • Lido 118 vezes

Em tempos de combate ao COVID-19 não se pode esquecer de um inimigo que também é mortal, o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da chikungunya e do zika vírus. É preciso ficar atento todo o ano, principalmente, em períodos de chuvas. De acordo com a Vigilância em Saúde, de janeiro a maio já foram notificados 50 casos no município de Domingos Martins. Destes, dois deram positivo para chikungunya e oito positivos para dengue.

A maior parte dos criadouros do mosquito são encontrados dentro das residências, e seus ovos podem resistir por aproximadamente dois anos em ambiente seco. Se o local em que ele foi depositado – uma garrafa, um pratinho de vaso de planta, por exemplo – não for eliminado, o ovo ficará ali esperando uma oportunidade para eclodir, ou seja, quando chover.

A população deve ficar atenta ao acúmulo de água em locais como calhas, pneus velhos, garrafas, além de manter quintais sempre limpos. É preciso trocar a água dos pratos de plantas. Também deve-se tampar tonéis, depósitos de água, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água, para, assim, evitar sua proliferação.

Saiba identificar o mosquito

É fácil identificar o Aedes aegypti e diferenciá-lo do mosquito popularmente conhecido como pernilongo. O transmissor da dengue tem hábitos diurnos, mas pode picar à noite; é escuro com listas brancas; é um pouco menor quando comparado ao pernilongo; costuma voar mais baixo e tem uma picada indolor.

Mesmo com todos os cuidados, se for picado e apresentar sintomas como febre alta e mal-estar geral, acompanhados de manchas avermelhadas pelo corpo, exantema (erupção cutânea), coceira leve, dor no corpo, dor de cabeça, procure imediatamente o médico, para que possa iniciar o tratamento mais adequado.

Conheça os sintomas da:

Dengue

Febre alta, acima de 38ºC.
Dores moderadas nas articulações
Manchas vermelhas na pele a partir do 4º dia
Coceiras de leve.

Zika

Febre baixa, muitas vezes não sentida
Dores leves nas articulações
Manchas vermelhas no corpo aparecem nas primeiras 24h
Coceiras de leve a intensa
Pode apresentar vermelhidão nos olhos

Chikungunya

Febre é de início abrupto
Dores intensas nas articulações
Manchas vermelhas surgem na pele no primeiro ou segundo dia
Leve coceira
Vermelhidão nos olhos pode estar presente

Prevenção dever ser permanente

Manter uma rotina de limpeza semanal nos possíveis locais de reprodução do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya é importante no processo de eliminação do Aedes aegypti. Para auxiliar nesse processo, a dica é fazem um check list com os cuidados a serem realizados.

Redobre os cuidados com ralos, descarte do lixo e a limpeza de calhas e de telhas são fundamentais para evitar o surgimento de novos criadouros. Confira as dicas:

- Utilização de ralos: Se os da casa não possuem sistema para vedação, instale telas. O mosquito gosta de lugares escuros e úmidos para se proliferar, por isso, os ralos são lugares ideais;
- Descarte o lixo corretamente: Programe-se para fazer o descarte do lixo nos locais corretos e em horários próximos à coleta de lixo. Isso evita o acúmulo de água nos dias chuvosos;
- Limpeza de calhas e telhas: Com as chuvas de verão, é comum que telhas e calhas fiquem carregadas de folhas e outras sujeiras. É preciso manter a limpeza desses locais em dia pare evitar obstruções e, consequentemente, o acúmulo de água parada.

Avalie este item
(0 votos)
  • Última modificação em Sábado, 23 Maio 2020 11:50
  • tamanho da fonte
Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Domingos Martins
Tel.: (27) 3268-1166 / 9 9971-6498

E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Prefeitura Municipal de Domingos Martins

brasaoRua Bernardino Monteiro, 22 - Centro- CEP 29260-000
Expediente: 8h às 11h30 - 13h às 17h  
Fone (27) 3268-1239 - 3268-1124
Veja no Mapa

Links Úteis

portariastn contas-publicas
nfe issbancario