Portuguese English German Italian Spanish
  • Domingos Martins será palco de duas etapas do Festival Gastronômico Receitas de Família

    Domingos Martins será palco de duas etapas do Festival Gastronômico Receitas de Família

  • Autorizada nova licitação para conclusão das obras da EMEF Augusto Peter Berthold Pagung, em Melgaço

    Autorizada nova licitação para conclusão das obras da EMEF Augusto Peter Berthold Pagung, em Melgaço

  • Alunos da EMEF Córrego São Paulo participam de visitas pedagógicas

    Alunos da EMEF Córrego São Paulo participam de visitas pedagógicas

  • Circuito de contação de histórias em Domingos Martins

    Circuito de contação de histórias em Domingos Martins

  • Domingos Martins recebe novo Núcleo de Polícia Civil

    Domingos Martins recebe novo Núcleo de Polícia Civil

  • Prefeitura, Polícia Militar e Detran-ES se reúnem para discutir adequações no trânsito

    Prefeitura, Polícia Militar e Detran-ES se reúnem para discutir adequações no trânsito

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6

Lorena Müller

A Secretaria de Saúde de Domingos Martins divulga nesta quarta-feira (22) novos números da febre amarela no município. Até a última sexta-feira (17) foram aplicadas 36.911 vacinas contra a doença, o que representa uma cobertura vacinal de 115,20% (nesta porcentagem estão incluídos também pessoas de outros municípios vacinadas em Domingos Martins).

Desde o dia 11 de março, equipes da prefeitura também estão realizando a chamada busca ativa, uma ação que consiste em identificar e imunizar in loco moradores que ainda não receberam a dose da vacina. Os profissionais estão atuando nas áreas rurais e urbanas em todo o município.

“Para esta iniciativa contamos com o trabalho e a colaboração dos Agentes de Endemias e profissionais de enfermagem, incansáveis na busca e identificação, casa a casa, comércio a comércio, empresa a empresa, daqueles que por algum motivo não procuraram as unidades de saúde para se vacinarem”, explica o secretário de Saúde, Adimar Alves de Souza.

A vacinação continua nas unidades de saúde de todo o município, de acordo com a demanda de cada localidade. “Na Sede, por exemplo, estamos ofertando a vacina normalmente, e, como a demanda já diminuiu bastante, não há mais necessidade de distribuir senhas e limitar horários. Os interessados podem procurar diretamente o setor de imunização”, complementa o secretário. Já no interior, basta procurar o posto de atendimento mais próximo.

Casos investigados

Até o momento, Domingos Martins está investigando dois óbitos por suspeita de febre amarela. O primeiro de um morador de Pedra Azul e o segundo, de um morador do Vale da Estação. Ainda não há confirmação de nenhum dos dois casos, o município aguarda a conclusão de exames.

Na última sexta-feira (17), a Secretaria de Estado da Saúde divulgou novo boletim epidemiológico confirmando uma morte por febre amarela em Domingos Martins. Trata-se do personal trainer Patrick Lethieri Schukert, morador de Vitória, falecido no mês passado. Patrick visitou a região de Pedra Azul dias antes de adoecer.

Macacos

De acordo com a Vigilância Ambiental de Domingos Martins, até a última sexta-feira (17) foram notificados 261 macacos mortos em todo o município. Das amostras enviadas à Secretaria de Estado da Saúde, 12 resultados já saíram, sendo 10 positivos para a febre amarela e dois negativos para a doença.

Lorena Müller

A Secretaria de Saúde de Domingos Martins divulga nesta segunda-feira (6) os números atualizados da vacinação contra a febre amarela. Até a última sexta (3) foram aplicadas 33.714 doses da vacina em todo o município. A imunização prossegue durante esta semana, com mudanças em dias e horários na Sede e intensificação dos trabalhos de busca ativa de moradores que ainda não tenham tomado a vacina.

Até a semana passada, a vacinação estava acontecendo somente às quintas-feiras, mas em reunião na última sexta (3) a secretaria promoveu mudanças na estratégia do trabalho. Nesta semana, portanto, a vacinação volta a ser realizada de segunda a sexta na Sede (Campinho), a partir do meio dia, com distribuição de 200 senhas por dia.

“O sistema de vacinação é avaliado semanalmente, por isso as mudanças freqüentes na rotina dos trabalhos. Para esta semana, a estratégia é vacinar 200 pessoas por dia. Na sexta, vamos reavaliar e definir a estratégia para a semana seguinte”, explica o secretário de Saúde, Adimar Alves de Sousa.

A Secretaria de Saúde também intensifica no sábado (11) os trabalhos de busca ativa no interior do município. Esta estratégia consiste em identificar, casa a casa, moradores que ainda não tenham tomado a vacina, e imunizá-los.

“Este é um trabalho diferenciado realizado somente nas comunidades rurais do município. As equipes irão identificar essas pessoas e providenciar a imunização. Por estarem em ambiente rural essas pessoas não podem deixar de serem vacinadas, estão em contato direto com matas, áreas de risco para a doença”, completa o secretário.

A vacinação contra a febre amarela em Domingos Martins começou em janeiro quando o município foi incluído pelo Governo do Estado na lista de cidades que adotariam a vacinação cautelar.

De acordo com a Vigilância em Saúde, mais de 200 macacos mortos já foram notificados pelo município. Foram enviadas 33 amostras para exames e seis resultados já estão prontos: cinco mortes positivas para a febre amarela e uma negativa. 

Até o momento, a Secretaria de Saúde investiga a morte de um morador de 31 anos com suspeita de febre amarela. A vítima estava internada em um hospital da Grande Vitória e faleceu no dia 23 de fevereiro. O município reforça que está investigando o caso e que aguarda o resultado do laudo, que deve concluído em 20 dias. Até o momento, não há outras investigações em curso no município.

Sobre a ocorrência de morte de macacos, a Vigilância em Saúde do Município já registrou mais de 230 notificações. Deste total foram encaminhadas 33 amostras para exames e até o momento, o município recebeu seis resultados, sendo cinco positivos para a febre amarela e um negativo para a doença. 

Lorena Müller

A Secretaria de Saúde de Domingos Martins divulga nesta quinta-feira (2) números atualizados da vacinação contra a febre amarela. De acordo com o levantamento do setor de imunização, até o último dia 24, foram aplicadas 32.856 doses da vacina em todas as 17 unidades de saúde do município.

O percentual de cobertura vacinal já supera 98,8% e agora a vacinação na Sede (Campinho) segue semanal, sempre às quintas-feiras, das 8h às 15h30. No interior do município a imunização também é realizada uma vez por semana, assim os moradores devem consultar a unidade de saúde mais próxima para se vacinar.

“Apesar de já termos alcançado quase a totalidade da população, nossas equipes ainda reforçam a busca por moradores que ainda estão sem a vacina. Por isso, pedimos a àqueles que ainda não foram imunizados, que procurem o posto de saúde mais próximo. Já temos resultados positivos da doença em macacos no município, não podemos deixar nossa população desprotegida”, orienta a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Patrícia Aguiar.

A vacinação contra a febre amarela em Domingos Martins começou em janeiro quando o município foi incluído pelo Governo do Estado na lista de cidades que adotariam a vacinação cautelar. Desde então equipes da Secretaria de Saúde realizam os trabalhos, inicialmente diários, e agora semanais.

Suspeita em Pedra Azul

Sobre a morte do morador de Vitória, Patrick Lethieri Schuckert, que teria sido infectado após uma visita a Pedra Azul, a Secretaria de Saúde do município esclarece que não é possível afirmar que o personal trainer tenha contraído a doença em Domingos Martins e que a morte ainda está sendo investigada. Até o momento, Domingos Martins não te registros de febre amarela em humanos.

Segundo o monitoramento da Vigilância em Saúde Municipal, até esta quinta-feira (2), 210 macacos foram encontrados mortos em Domingos Martins. Deste total de notificações, foram encaminhadas 33 amostras para a Secretaria de Estado da Saúde para a realização de exames. Seis resultados já foram recebidos pelo município: cinco positivos para febre amarela e um negativo para a doença.

Lorena Müller

A Secretaria de Saúde de Domingos Martins já imunizou 87,45% da população contra a febre amarela. Iniciada no último dia 25, a vacinação acontece na Sede e em várias regiões do interior do município, como Aracê, Ponto Alto e Paraju.

Dados consolidados até o dia 13 deste mês mostram que até agora foram aplicadas 30.248 doses da vacina. Segundo a Vigilância em Saúde, com o avanço dos trabalhos e o índice de cobertura vacinal alcançado, a procura pela vacina diminuiu consideravelmente e não há mais a necessidade do sistema especial diário adotado desde o primeiro dia de vacinação.

Portanto, a partir desta semana, a vacinação contra a febre amarela na Sede do município (Campinho) será realizada semanalmente, sempre às quintas-feiras, das 8h às 11h30 e das 13h às 15h30. Já nas unidades do interior, a secretaria realiza levantamento junto às equipes de saúde locais para definir as estratégias de vacinação a partir de agora. Essas informações serão divulgadas em breve. Havendo dúvidas, a população do interior deve procurar a unidade de saúde mais próxima para outras informações.

Primeiros resultados em macacos

De acordo com a Vigilância em Saúde, responsável pelos registros e pelo monitoramento de ocorrências relacionadas à morte de macacos, até a última sexta-feira (10) foram notificados 116 animais mortos nas regiões de Paraju, Tijuco Preto, Ponto Alto, Aracê, São Miguel e Chapéu.

Do total de macacos mortos, 21 foram encaminhados para a Secretaria de Estado da Saúde para exames. “Muitos animais já estavam em decomposição quando foram informados à vigilância, neste estágio não é possível colher amostras para exames”, comunica a Vigilância em Saúde.

O município já está recebendo o resultado das primeiras amostras enviadas para análise. Dos 21 animais encaminhados, quatro já tiveram a morte confirmada por febre amarela.

“Reforçamos a importância da vacinação para aquelas pessoas que vivem ou trabalham em áreas rurais, especialmente aquelas que permanecem em áreas de mata fechada. Moradores das regiões onde foram encontrados macacos que ainda não se vacinaram devem procurar a unidade de saúdem mais próxima o quanto antes”, recomenda a Vigilância em Saúde.

Lorena Müller

A Secretaria de Saúde de Domingos Martins divulga nesta sexta-feira (10) novo boletim sobre a vacinação contra a febre amarela no município. Até ontem (9) foram imunizadas 28.431 pessoas em todo o município, o que representa 82,19% de cobertura vacinal.

A imunização continua durante a semana nas  regiões da Sede, Barcelos, Pedra Azul, São Paulo do Aracê, Paraju, Ponto Alto e Tijuco Preto. Em Santa Isabel e Biriricas também há vacinação para os moradores (veja mais informações ao final desta reportagem).

Domingos Martins já recebeu todas as doses determinadas pelo Governo do Estado, de acordo com a estimativa populacional do IBGE (34.589), e vai continuar os trabalhos de imunização nas unidades de saúde. O município não tem casos da doença em humanos.

De acordo com a Nota Informativan° 01/2017, da Secretaria de Estado da Saúde, o município vai vacinar somente MORADORES, com a apresentação obrigatória de comprovante de residência (conta água ou energia) ou cópia do contrato de aluguel. Aqueles que trabalham em Domingos Martins, mas moram em outro município, também serão imunizados, mediante comprovação do vínculo de trabalho no município. É necessária a apresentação do cartão de vacina.

“Para os 37 municípios com recomendação de vacinação cautelar será adotada a vacinação dos indivíduos residentes a partir dos 6 meses de idade, segundo calendário nacional de vacinação, priorizando o início da vacinação nas localidades com evidência de epizootia (morte de macacos), estendendo-se posteriormente para o restante do município. Para indivíduos residentes nos demais municípios do Estado, será adotada a vacinação daqueles que irão viajar para áreas de risco, a fim de prevenir a ocorrência de casos humanos e surtos. Em situação de viagem para os municípios do Espírito Santo com recomendação de vacinação cautelar, será indicada a vacinação conforme calendário nacional”,  recomenda a Secretaria de Estado da Saúde.   

A medida visa garantir a cobertura vacinal dos moradores de Domingos Martins. “Esta é uma situação atípica, específica do bloqueio vacinal, assim o município tem esta autonomia de priorizar o atendimento à sua população. Estamos seguindo orientações estaduais”, destaca o secretário de Saúde, Adimar Alves de Souza.

Primeiros resultados em macacos

De acordo com a Vigilância em Saúde, responsável pelos registros e pelo monitoramento de ocorrências relacionadas à morte de macacos, até nesta sexta-feira (10) foram notificados 116 animais mortos nas regiões de Paraju, Tijuco Preto, Ponto Alto, Aracê, São Miguel e Chapéu.

Do total de macacos mortos, 21 foram encaminhados para a Secretaria de Estado da Saúde para exames. “Muitos animais já estavam em decomposição quando foram informados à vigilância, neste estágio não é possível colher amostras para exames”, comunica a Vigilância em Saúde.

O município já está recebendo o resultado das primeiras amostras enviadas para análise. Dos 21 animais encaminhados, quatro já tiveram a morte confirmada por febre amarela.

“Reforçamos a importância da vacinação para aquelas pessoas que vivem ou trabalham em áreas rurais, especialmente aquelas que permanecem em áreas de mata fechada. Moradores das regiões onde foram encontrados macacos que ainda não se vacinaram devem procurar a unidade de saúdem mais próxima o quanto antes”, recomenda a Vigilância em Saúde.

Veja o sistema de vacinação por região:

Vacinação na Sede

A imunização na Sede continua na Secretaria de Saúde, das 8h às 16h. A Prefeitura pede que os interessados não deixem para se vacinar minutos antes das 16h, o ideal é comparecer ao local de vacinação até as 15h. A medida é necessária para evitar desperdício de doses, como explica o setor de imunização:

“É preciso esclarecer que a vacina não vem pronta para ser aplicada, ela precisa ser preparada, misturada ao que chamamos de diluente. Uma vez preparada, essa vacina tem um tempo limite de validade. Também precisamos seguir regras técnicas em relação às ampolas, que fornecem de cinco a 10 doses. Uma vez aberta, ela precisa ser utilizada completamente. Precisamos observar essas questões técnicas para evitar a perda de doses e o desperdício. Por isso tudo, foi preciso delimitar horários para que a população pudesse ser atendida da melhor forma, com segurança e responsabilidade. A equipe da secretaria está se dedicando ao máximo para atender a toda a população, pedimos a compreensão, a vacinação prossegue, não há motivo para pânico. Essas recomendações servem para a vacinação em todo o município”.

Vacinação em Santa Isabel

A vacinação em Santa Isabel prosseguirá da seguinte forma: todas as segundas-feiras, das 8h às 15h. Às 8h serão distribuídas 300 senhas à população. Às 13h, mais 200 senhas serão entregues, totalizando 500 senhas por dia.

Vacinação em Biriricas

A vacinação em Biriricas prosseguirá da seguinte forma: todas as quartas-feiras, das 8h às 15h. Às 8h serão distribuídas 300 senhas à população. Às 13h, mais 200 senhas serão entregues, totalizando 500 senhas por dia.

Vacinação em Ponto Alto, Paraju, Pedra Azul, Barcelos, São Paulo do Aracê e Tijuco Preto

Assim como na Sede, a vacinação nessas regiões prossegue diariamente, das 8h às 16h, observadas as mesmas condições adotadas para a Sede de Domingos Martins.

Os moradores que não residem nos locais onde há postos de vacinação devem procurar a unidade de saúde mais próxima.

 

Lorena Müller

A Secretaria de Saúde continua realizando a vacinação cautelar da população local contra a febre amarela nas regiões da Sede, Barcelos, Pedra Azul, São Paulo do Aracê, Paraju, Ponto Alto e Tijuco Preto. Em Santa Isabel e Biriricas também há vacinação para os moradores dessas regiões (veja mais informações ao final desta reportagem).

Dados consolidados pelo setor de imunização confirmam que até ontem (1º), 19.676 pessoas já foram vacinadas em todo o município. Domingos Martins já recebeu todas as doses determinadas pelo Governo do Estado, de acordo com a estimativa populacional do IBGE, e vai continuar os trabalhos de imunização nas unidades de saúde.

De acordo com a Nota Informativan° 01/2017, da Secretaria de Estado da Saúde, o município vai vacinar somente MORADORES, com a apresentação obrigatória de comprovante de residência (conta água ou energia) ou cópia do contrato de aluguel. Aqueles que trabalham em Domingos Martins, mas moram em outro município, também serão imunizados, mediante comprovação do vínculo de trabalho no município. É necessária a apresentação do cartão de vacina.

“Para os 37 municípios com recomendação de vacinação cautelar será adotada a vacinação dos indivíduos residentes a partir dos 6 meses de idade, segundo calendário nacional de vacinação, priorizando o início da vacinação nas localidades com evidência de epizootia (morte de macacos), estendendo-se posteriormente para o restante do município. Para indivíduos residentes nos demais municípios do Estado, será adotada a vacinação daqueles que irão viajar para áreas de risco, a fim de prevenir a ocorrência de casos humanos e surtos. Em situação de viagem para os municípios do Espírito Santo com recomendação de vacinação cautelar, será indicada a vacinação conforme calendário nacional”,  recomenda a Secretaria de Estado da Saúde.   

A medida visa garantir a cobertura vacinal dos moradores de Domingos Martins. “Esta é uma situação atípica, específica do bloqueio vacinal, assim o município tem esta autonomia de priorizar o atendimento à sua população. Estamos seguindo orientações estaduais”, destaca o secretário de Saúde, Adimar Alves de Souza.

Veja agora o sistema de vacinação por região:

Vacinação na Sede

A imunização na Sede continua na Secretaria de Saúde, das 8h às 16h. A Prefeitura pede que os interessados não deixem para se vacinar minutos antes das 16h, o ideal é comparecer ao local de vacinação até as 15h. A medida é necessária para evitar desperdício de doses, como explica o setor de imunização:

“É preciso esclarecer que a vacina não vem pronta para ser aplicada, ela precisa ser preparada, misturada ao que chamamos de diluente. Uma vez preparada, essa vacina tem um tempo limite de validade. Também precisamos seguir regras técnicas em relação às ampolas, que fornecem de cinco a 10 doses. Uma vez aberta, ela precisa ser utilizada completamente. Precisamos observar essas questões técnicas para evitar a perda de doses e o desperdício. Por isso tudo, foi preciso delimitar horários para que a população pudesse ser atendida da melhor forma, com segurança e responsabilidade. A equipe da secretaria está se dedicando ao máximo para atender a toda a população, pedimos a compreensão, a vacinação prossegue, não há motivo para pânico. Essas recomendações servem para a vacinação em todo o município”.

Vacinação em Santa Isabel

A vacinação em Santa Isabel prosseguirá da seguinte forma: todas as segundas-feiras, das 8h às 15h. Às 8h serão distribuídas 300 senhas à população. Às 13h, mais 200 senhas serão entregues, totalizando 500 senhas por dia.

Vacinação em Biriricas

A vacinação em Biriricas prosseguirá da seguinte forma: todas as quartas-feiras, das 8h às 15h. Às 8h serão distribuídas 300 senhas à população. Às 13h, mais 200 senhas serão entregues, totalizando 500 senhas por dia.

Vacinação em Ponto Alto, Paraju, Pedra Azul, Barcelos, São Paulo do Aracê e Tijuco Preto

Assim como na Sede, a vacinação nessas regiões prossegue diariamente, das 8h às 16h, observadas as mesmas condições adotadas para a Sede de Domingos Martins.

Os moradores que não residem nos locais onde há postos de vacinação devem procurar a unidade de saúde mais próxima.

Lorena Müller

A Secretaria de Saúde de Domingos Martins anuncia nesta quarta-feira (25) o início da vacinação contra a febre amarela em todo o município a partir de amanhã (26). Ontem (24) à tarde o município recebeu 11 mil doses da vacina enviadas pelo Governo do Estado e a previsão é a de que uma nova remessa chegue na sexta-feira (27).

De acordo com a Nota Informativan° 01/2017, da Secretaria de Estado da Saúde, o município vai vacinar somente MORADORES, com a apresentação obrigatória de comprovante de residência (conta água ou energia) ou cópia do contrato de aluguel. Aqueles que trabalham em Domingos Martins, mas moram em outro município, também serão imunizados, mediante comprovação do vínculo de trabalho no município.

“Para os 37 municípios com recomendação de vacinação cautelar será adotada a vacinação dos indivíduos residentes a partir dos 6 meses de idade, segundo calendário nacional de vacinação, priorizando o início da vacinação nas localidades com evidência de epizootia (morte de macacos), estendendo-se posteriormente para o restante do município. Para indivíduos residentes nos demais municípios do Estado, será adotada a vacinação daqueles que irão viajar para áreas de risco, a fim de prevenir a ocorrência de casos humanos e surtos. Em situação de viagem para os municípios do Espírito Santo com recomendação de vacinação cautelar, será indicada a vacinação conforme calendário nacional”, recomenda a Secretaria de Estado da Saúde.  

A medida visa garantir a cobertura vacinal dos moradores de Domingos Martins. “Esta é uma situação atípica, específica do bloqueio vacinal, assim o município tem esta autonomia de priorizar o atendimento à sua população. Estamos seguindo orientações estaduais”, explica o secretário de Saúde, Adimar Alves de Souza.

O cronograma de atividades com dias, horários e locais de imunização foi definido hoje (25) pela manhã em reunião entre técnicos da Vigilância em Saúde e os enfermeiros responsáveis pelas unidades de atendimento no interior. Também ficou determinado que neste primeiro momento as áreas onde foram encontrados macacos mortos (Aracê, Paraju, Ponto Alto e Sede) receberão mais doses, porém a população deve ficar tranqüila pois, aos poucos, todos serão vacinados, de acordo com as diretrizes do Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.

Assim, nesta quinta-feira (26) a vacinação acontece das 8h às 16h, nas unidades de Saúde de Barcelos, Pedra Azul, São Paulo do Aracê, Tijuco Preto, Paraju, Ponto Alto e Sede (Campinho). Nos dias 30 e 31 será em Biriricas, das 8h às 16h. Dia 31 em Melgaço, das 8h às 16h. Nos dias 1° e 2 de fevereiro, a vacinação será em Santa Isabel, das 16h às 20h. A Secretaria de Saúde realizará ainda vacinação volante na Sede: dia , na Fazenda Lampier, às 9h, e na escola do Galo, às 14h. Dia 2: Alto Galo, às 9h.

Atenção: Para melhor organização e atendimento à população na SEDE (Campinho), a Secretaria de Saúde irá ministrar a vacina a 300 pessoas por dia, portanto, a vacinação não será somente amanhã, ela seguirá até que as doses terminem e chegue nova remessa de vacinas, prevista para sexta-feira (27).

De acordo com a Vigilância em Saúde, até o momento, foram notificadas 22 mortes de macacos no município, nos distritos de Aracê, Paraju, Ponto Alto e Sede. Os técnicos da Vigilância Ambiental, Valdecir Nunes, Marilza Lucia Lange e Iranildo Passos, estão fazendo todo o trabalho de captura in loco desses animais e encaminhando para o Governo do Estado para a realização de exames. Domingos Martins ainda não registrou nenhuma ocorrência de febre amarela em humanos.

“É importante destacar que esses profissionais estão engajados em prestar o melhor serviço à população. Mesmo com uma equipe reduzida, não medem esforços para monitorar, capturar e  orientar neste momento ímpar que estamos vivenciando. Precisamos da colaboração de todos, da contribuição de órgãos como a Polícia Ambiental para que o melhor trabalho seja realizado”, afirma a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Patrícia Aguiar.

A Secretaria de Saúde orienta: ao encontrar um macaco morto, acione a Vigilância em Saúde para recolhimento e encaminhamento de material para exames. É importante que este contato seja feito enquanto o animal ainda não estiver entrado em decomposição, pois este estado impede o recolhimento de material para exames. Vigilância em Saúde de Domingos Martins: (27) 3268-1354. 

Contraindicação

A vacina é contra-indiciada para: Gestantes, lactantes, crianças menores de 6 meses de idade, pacientes com imunodepressão de qualquer natureza, pacientes infectados pelo HIV com imunossupressão grave, pacientes em tratamento com drogas imunossupressoras (corticosteroides, quimioterapia,radioterapia, imunomoduladores), pacientes submetidos a transplante de órgãos, pacientes com imunodeficiência primária, pacientes com neoplasia, indivíduos com história de reação anafilática relacionada a substâncias presentes na vacina (ovo de galinha e seus derivados, gelatina bovina ou outras), pacientes com história pregressa de doenças do timo (miastenia gravis, timoma, casos de ausência de timo ou remoção cirúrgica). A administração deve ser analisada caso a caso na vigência de surtos. (Informações: Sesa)

Cronograma de vacinação contra a febre amarela

- Quinta-Feira (26.01): das 8h às 16h, nas unidades de saúde de:
Barcelos
São Paulo do Aracê
Pedra Azul
Tijuco Preto
Ponto Alto
Paraju
Campinho

Dias 30 e 31, das 8h às 16h:
Biriricas

Dia 31, das 8h às 16h:
Melgaço

Dias 1° e 2 de fevereiro, das 16h às 20h:
Santa Isabel

Vacinação volante na Sede:
- 1° de fevereiro: Fazenda Lampier, às 9h
                             Escola do Galo, às 14h

- 2 de fevereiro: Alto Galo, às 9h


Lorena Müller

A Secretaria de Saúde de Domingos Martins divulga nesta segunda-feira (23) informações sobre a situação do município em relação à morte de macacos e a possível relação com a febre amarela. De acordo com os dados oficiais, até o momento, a Vigilância em Saúde registrou 13 notificações de macacos mortos em regiões dos distritos de Aracê, Ponto Alto e Paraju, mas ainda não é possível afirmar se a causa dos óbitos foi por febre amarela. Ainda hoje (23) a Vigilância foi acionada para captura de macacos mortos na região de Chapéu.

Técnicos regionais da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) estão em Domingos Martins hoje e amanhã (24) para o recolhimento de material desses animais e encaminhamento para exames que irão confirmar (ou não) as mortes em decorrência da doença. Ainda segundo a Vigilância em Saúde, Domingos Martins não tem registro de pessoas que tenham contraído a febre amarela.

Todo o trabalho está sendo desenvolvido com caráter preventivo e orientativo à população. No último sábado (21) Domingos Martins foi incluído pela Sesa na lista de municípios que irão receber novas vacinas contra a febre amarela. A previsão do Governo do Estado é a de que essas doses cheguem ao município nos próximos dias.

Na quarta-feira (25) técnicos da Vigilância em Saúde estarão reunidos com os enfermeiros responsáveis pelas 17 unidades de saúde do município para a definição de estratégias, horários e locais de vacinação. Por determinação do Ministério da Saúde, inicialmente a prioridade da imunização é para crianças maiores de 6 meses, pessoas que trabalham na área rural, próximo ou dentro de matas, moradores de áreas onde foram encontrados macacos mortos e pessoas que forem viajar para áreas de risco. Esta reunião irá traçar os planos de vacinação para os demais grupos da população.

A vacina é contra-indiciada para: Crianças menores de 6 meses de idade; pacientes com imunodepressão de qualquer natureza; pacientes infectados pelo HIV com imunossupressão grave; pacientes em tratamento com drogas imunossupressoras (corticosteroides, quimioterapia,radioterapia, imunomoduladores); pacientes submetidos a transplante de órgãos; pacientes com imunodeficiência primária; pacientes com neoplasia; indivíduos com história de reação anafilática relacionada a substâncias presentes na vacina (ovo de galinha e seus derivados, gelatina bovina ou outras); pacientes com história pregressa de doenças do timo (miastenia gravis, timoma, casos de ausência de timo ou remoção cirúrgica). A administração deve ser analisada caso a caso na vigência de surtos. (Informações: Sesa)

A Secretaria de Saúde orienta: ao encontrar um macaco morto, acione a Vigilância em Saúde para recolhimento e encaminhamento de material para exames. É importante que este contato seja feito enquanto o animal ainda não estiver entrado em decomposição, pois este estado impede o recolhimento de material para exames. Vigilância em Saúde de Domingos Martins: (27) 3268-1354. 

 Nas cidades, a doença  é transmitida pelo Aedes aegypti

Uma pessoa com febre amarela apresenta, nos primeiros dias, sintomas parecidos com os de uma gripe. Entretanto, esta é uma doença grave, que pode complicar e levar à morte. Os sintomas mais comuns são febre alta e calafrios, mal-estar, vômito, dores no corpo, pele e olhos amarelados, sangramentos, fezes cor de “borra de café” e diminuição da urina.

A febre amarela silvestre é transmitida pela picada de mosquitos Haemagogus e Sabethes, que vivem em matas e vegetações à beira dos rios. Quando o mosquito pica um macaco doente, torna-se capaz de transmitir o vírus a outros macacos e ao homem. A forma silvestre da doença é endêmica nas regiões tropicais da África e das Américas.

Nas cidades, a doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo vetor da dengue, da zika e da chikungunya. Pessoas que fazem ecoturismo ou que entram em matas por algum outro motivo correm o risco de serem picadas pelo mosquito Haemagogus infectado e contrair a doença. De volta à área urbana, essas pessoas podem ser picadas pelo Aedes aegypti, podendo dar início à reurbanização da doença. O último caso de febre amarela urbana no Brasil ocorreu no Acre em 1942.

Uma vez que a febre amarela no meio urbano é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, eliminar depósitos que possam acumular água é uma das medidas de prevenção. Por isso, é importante que a população escolha um dia fixo da semana para combater o mosquito em casa, e, assim, impedir a proliferação do vetor eliminando seus criadouros.

 

*Com informações da Sesa

Lorena Müller

A Secretaria de Saúde de Domingos Martins já iniciou a imunização contra o vírus HPV para meninos de 12 e 13 anos, 11 meses e 29 dias. As doses chegaram ao município no mês passado e já estão disponíveis em Campinho. 

Anunciada pelo Ministério da Saúde em outubro de 2016, a inclusão dos meninos no grupo de proteção ao vírus HPV entrou em vigor neste mês. Segundo o Governo Federal, a vacinação para eles contribui para a diminuição do câncer do colo de útero e vulva nas mulheres, já que isso reduz a circulação do vírus. Além disso, os próprios meninos serão beneficiados com a proteção contra o câncer de pênis, garganta, ânus e verrugas genitais, doenças também relacionadas ao vírus.

Inicialmente, a vacinação será somente nos postos de saúde, mas a previsão é com o retorno das aulas em fevereiro, as equipes de imunização visitam as escolas a partir de março. Os meninos e as meninas de 12 e 13 anos também passam a tomar a vacina contra a meningite meningocócica do tipo C, antes restrita a crianças menores de 5 anos de idade. O esquema vacinal para meninas continua o mesmo.

A referência técnica municipal de Imunização, Iderlene Gütler alerta: “os meninos que completam 14 anos em fevereiro devem procurar o posto de saúde o quanto antes. Ao atingir esta idade, ele perde o direito à vacina. A imunização será ministrada em duas doses, com intervalo de seis meses entre elas.

Ainda segundo o Ministério da Saúde a faixa etária dos meninos que podem receber a vacina contra o vírus HPV será ampliada gradualmente até 2020, quando ela estará disponível para meninos de 9 a 13 anos. Outra mudança, já a partir do ano que vem, é que as meninas que chegaram aos 14 anos sem a vacina também poderão se vacinar. Ainda em 2017, a vacina será estendida para homens que vivem com HIV entre 9 e 26 anos, antes restrita às mulheres.

 

Lorena Müller 

A Secretaria de Saúde de Domingos Martins realiza na semana que vem o Dia D de vacinação contra a Raiva Animal. Em Campinho, equipes da Vigilância Ambiental estarão em dois pontos da cidade durante todo o dia para imunizar cães e gatos a partir de 3 meses  de idade.

Os trabalhos de vacinação começaram no último dia 16 em diversas localidades do interior. “Este ano modificamos a logística da campanha para facilitar o acesso à vacinação e consequentemente alcançarmos o maior número de animais. No interior a imunização foi adiantada e está sendo realizada com a parceria dos Agentes Comunitários de Saúde, de acordo com cronograma da Vigilância em Saúde”, explica o coordenador Roberto Dias.

Em Campinho, o Dia D será no dia 3, das 8h às 17h, na Praça Dr. Arthur Gerhardt e na Capela Nossa Senhora de Aparecida, próximo à APAE. A campanha segue até o dia 10 de outubro e é obrigatória a apresentação do cartão de vacinação do animal. Cães e gatos menores de três meses de idade, assim como animais gestantes, lactantes ou debilitados não podem ser vacinados. Aqueles que foram imunizados há menos de um ano também não participam da campanha.

Outras informações:
Vigilância Ambiental: (27) 3268-1354

 

Prefeitura Municipal de Domingos Martins

brasaoRua Bernardino Monteiro, 22 - Centro- CEP 29260-000
Expediente: 8h às 11h30 - 13h às 17h
Fone (27)3268-1344
Veja no Mapa

Links Úteis

portariastn contas-publicas
nfe issbancario

Previsão do Tempo

Nublado

17°C

Nublado

Umidade: 95%

Vento: 17.70 km/h